TeatroVideos

Vídeo: Casais portugueses são a história do novo musical de La Feria

Filipe La Feria prepara-se para estrear uma nova peça, no Teatro Politeama, em Lisboa. “Eu Saio na Próxima e Você?” cruza a comédia e o musical e acompanha a história de um casal ao longo de quase 60 anos. No palco, João Baião e Marina Mota, naquela que é uma das melhores interpretações das suas vidas.

É a vida da maioria dos casais portugueses com mais de 50 anos contada em cima de um palco. La Feria adaptou o texto original – do encenador espanhol Adolfo Marsillach – à história de Portugal, desde os anos 60 até aos dia de hoje. Mas os relatos também chegam às novas gerações, com personagens de agora a surgir em cena.

A história arranca com um casal que se conhece no metro, na estação das Picoas. E a partir daí, a vida dos dois vai levar os espetadores a mergulhar numa autêntica viagem no tempo. Desde a sua infância, nos anos 60, ao 25 de Abril, quando tinham 12 anos, e toda a transição para a democracia dentro da vida do casal. Não é uma peça política, é antes uma comédia marcada por encontros e desencontros, enquadrados na História de Portugal.

 Marina Mota e João Baião vão partilhar com o público todos os sonhos, dúvidas e incertezas de uma relação, com muitas recordações e humor à mistura. Como diz La Feria, são apenas dois atores, mas que “valem por uma companhia inteira”. E esta será uma prova de fogo para os dois comediantes, que vão procurar espelhar as mulheres e os homens portugueses dos últimos 60 anos. Cada um deles passa por umas vinte personagens ao longo do espetáculo. Porque, além dos elementos do casal, fazem todas as personagens que se cruzam na sua vida.

 O espetáculo conta com figurinos de José Costa Reis, num cenário que recorre às mais avançadas tecnologias, e com vídeos de Zara Pinto. A música é dos pianistas Mário Rui e Miguel Teixeira.

Tags
Show More

Related Articles

3 Comments

  1. Estes dois são uma verdadeira dupla. O que eu me ri a ver a zarolha do Norte que fez plásticas…MUITO BOM. Vou levar os nossos meninos do centro de dia para ver esta peça. Vão adorar. Pena não virem para o Norte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close