EntrevistasGaleriaNotíciasVideos

Presépio da Cavalinho já abriu ao público (Com vídeo)

São semanas e semanas de trabalho, horas a fio. A montagem e manutenção da estrutura envolve mais de 30 voluntários, na sua maioria funcionários da empresa Cavalinho. Reservam para o efeito as suas horas vagas e, nos últimos meses, fins-de-semana inteiros, para darem vida àquele que, desde Novembro de 2013, é considerado pelo Guiness o maior presépio em movimento do mundo.
O cenário envolve milhares de peças, cuja mecânica é assegurada por mais de 55 quilómetros de cabo eléctrico, mais de 5000 lâmpadas LED e cerca de 100 sensores de movimento. E este ano, o recinto voltou a crescer com a construção de mais um pavilhão.
É uma verdadeira viagem pela tradição cristã, decorada por referências mais pagãs como a Volta a Portugal em Bicicleta, os arraiais das romarias portuguesas ou o imaginário infantil de princesas e pais natais.

Aquele que é conhecido como o Presépio da Cavalinho, em S. Paio de Oleiros, abriu hoje as portas ao público e, a avaliar pelas edições anteriores, deverá levar a essa localidade do concelho da Feira largos milhares de visitantes nacionais e estrangeiros.
Esta é uma das propostas culturais que mais turistas traz anualmente à região do Entre Douro e Vouga. Surgiu pela primeira vez há dez anos, quando Manuel Jacinto decidiu demonstrar na fachada da empresa o seu gosto por presépios e cascatas sanjoaninas. Entretanto, o presépio foi crescendo e ocupa hoje diferentes terrenos em torno da fábrica. A 10.ª edição fica patente ao público até março do próximo ano e continua a ter entrada gratuita. Pode ser visitada todos os dias da semana, que dificilmente haverá um em que o Presépio da Cavalinho não revele pormenores novos.

António Gomes Costa
Foto: Hugo Viegas
[metaslider id=3190]

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close