Notícias

As Sete Mulheres de Jeremias Epicentro, no Teatro Campo Alegre, no Porto

As Sete Mulheres de Jeremias Epicentro é a mais recente criação do Quarteto Contratempus em co-produção com o Teatro Municipal do Porto e estreia a 16 de Setembro. Uma ópera buffa que conta com os autores, António Durães na encenação, Jorge Prendas na composição e Mário João Alves, que assina o libreto. É uma criação que envolve todos os instrumentistas em cena, como actores. Também inclui tecnologias multimédia interactivas, nomeadamente as tecnologias wearable em função das artes performativas com cenografias virtuais e aumentadas. Esta é uma ópera inovadora pelo facto de, na base desta criação, ter estado a investigação e a conceção de um instrumento interactivo vestível (uma luva) que, em cena, tem a capacidade de manipular em tempo real som, imagem e luz. A ideia interessante é perceber que a ciência e a tecnologia, nomeadamente esta que apresentamos em cena, está a ser também utilizada na investigação de novos métodos de fisioterapia para a recuperação de pacientes de acidentes vasculares cerebrais (AVC) e que, ao serviço das artes, pode ganhar uma nova perspectiva e dimensão.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close