Notícias

XXII Festival de Folclore do Alto Minho promove seis galas

De 16 a 22 de julho

O XXII Festival de Folclore Internacional do Alto Minho vai promover, em Viana do Castelo, de 16 a 22 de julho, seis galas que vão reunir cerca de 200 dançarinos de grupos vindos de seis países convidados, entre Guiné, Polónia, Bolívia, Itália, Colômbia e Peru, para além de contar com a presença dos grupos anfitriões de Viana do Castelo em representação de Portugal e dois grupos vianenses convidados, num evento organizado pela Vianafestas, com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo.
Maria José Xavier, presidente da comissão organizadora, considera que este Festival de Folclore Internacional é uma oportunidade para troca de experiências entre os grupos vianenses, e os grupos internacionais, acreditando que estes encontros são fundamentais para o crescimento de todos os participantes.
O objetivo da comissão organizadora é trazer um evento de qualidade à cidade de Viana do Castelo, o que justifica a utilização da Praça da República enquanto sede do Festival. Este é um Festival C.I.O.F.F. (Conseil International des Organisations de Festivals de Folklore et d’Art’s Traditionnels) que acontece ao longo de uma semana e vai promover diversas galas em locais variados, incluindo ainda desfiles e atuações pelas ruas da cidade e atuações em diversas instituições de solidariedade social vianenses, levando a dança e as artes de palco, alegria e conforto às pessoas que de outra forma, não se conseguem deslocar ao local onde decorrem habitualmente as galas.
A 17 de julho, às 15h00, os grupos participantes vão atuar e desfilar pelas ruas da cidade, acontecendo a receção oficial na Porta Mexia Galvão, pelas 17h30, seguida de um jantar convívio.
No dia 18 de julho, os grupos vão atuar em instituições de solidariedade social vianense e, à noite, pelas 22h00, a Gala de Abertura reúne todos os grupos na Praça da República. A 19 de julho a Gala da União acontece na praça rainha da cidade, pelas 22h00, com os grupos da Guiné, Polónia, Peru e Portugal, contando ainda com a presença de um grupo vianense convidado.
A 20 de julho, sexta-feira, a Gala da Família terá lugar no Centro Cultural de Viana do Castelo, pelas 15h00, com todos os grupos, reforçando a forte componente social assumida desde sempre pela organização, e nessa noite, às 22h00, a Gala Santoinho acontece na Fundação Santoinho, na freguesia de Darque, reunindo novamente na margem sul de Viana do Castelo todos os grupos participantes no festival internacional.
A 21 de julho, sábado, entre as 10h00 e as 13h00, será promovida a Viana Sensorial, uma experiência para estimular os cinco sentidos numa mesma cidade, com exibições de dança, mostra de produtos gastronómicos pelos grupos internacionais e exposição de um traje de cada grupo visitante nos Antigos Paços do Concelho. Nessa noite, a Praça da República será o palco da Gala da Fraternidade, pelas 22h00, reunindo dançarinos de Bolívia, Itália, Colômbia e Portugal contando também com a presença de um outro grupo vianense convidado.
No domingo, 22 de julho, todos os grupos participam numa missa que acontece em Santa Luzia, às 12h00, seguida de um piquenique de convívio. Os grupos voltam a desfilar e a atuar nas ruas da cidade nessa tarde, pelas 17h30. A Gala de Encerramento contará com todos os grupos, na Praça da República, pelas 22h00.
No Festival de Folclore do Alto Minho vão participar o Grupo Cultural Netos de Bandim, da Guiné; o Estúdio de Danza y Arte Expresiones Bolívia de Gustavo Fernandez García, da Bolívia; Ballet Folklórico Tierra Colombiana, da Colômbia; Folk Song and Dance Ensemble “WROCŁAW”, da Polónia; Centro de Folklore de la Universidad Peruana Cayetano Heredia, do Perú; e Folk Group “Triskelion” of Roccalumera, de Itália.

Fotos D.R.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close