Teatro

VÍDEO: “Baixa Terapia” já chegou ao Porto

É um verdadeiro senhor em todos os sentidos da palavra. Chegou antes da hora marcada, recebeu-nos com um abraço e um forte sorriso. António Fagundes é um homem simples. Calmo. É muito bem-disposto e não escondeu a felicidade de estar no Porto, uma cidade que considera muito “linda”.
O ator está em Portugal há vários meses para apresentar “Baixa Terapia – uma Comédia no Divã”, uma peça classificada para maiores de 12 anos, que vai poder ser vista até ao próximo domingo, dia 3 de Novembro, no Coliseu Porto Ageas.
Não é a primeira vez que trabalha nos palcos portugueses. Desta vez, veio com a família, para apresentar pelo país fora esta peça, que contracena com a mulher, o filho, a ex-mulher e o marido dela, e até a tradução do texto é de outra ex-mulher.
Trata-se de um espectáculo hilariante, aclamado pelo público e pela crítica, que contou com mais de 150 mil espectadores no Brasil.
O espectáculo, produzido pela Plano 6, começa rigorosamente à hora marcada. É expressamente proibida a entrada após o seu início, tudo isto porque Fagundes é conhecido pela sua pontualidade e, por isso, não permite que ninguém entre depois da peça começar.
“Baixa Terapia” conta a história de três casais que não se conhecem, encontram-se inesperadamente no consultório da psicoterapeuta que os acompanha para uma habitual sessão. Trata-se de uma comédia envolvente que conduz o público a um final surpreendente.
Fagundes não se sente um “galã” prefere antes ser reconhecido pelo seu trabalho, que abraça desde os seus 15 anos. Aos 69 anos de idade, mais de 50 de profissão dedicados ao teatro, cinema, televisão, encenador e, até mesmo, à rádio revelou-nos que já mais do que uma coisa em simultâneo, uma vez que considera que um ator não pode nem deve ser uma coisa só. Durante a entrevista tivemos ainda tempo de abordar a atual situação do Brasil.
Reconhece o carinho que os Portugueses têm pelo si e pelas suas personagens e assume a emoção que sente. Durante a nossa conversa abordamos também a actual situação Brasil. “O Brasil que eu quero está um pouco para a frente, o de trás já passou”.
“Baixa Terapia segue em digressão para Braga – Theatro Circo, de 8 a 11 de novembro; Famalicão – Casa das Artes, de 15 a 18 de novembro; Leiria – Teatro José Lúcio, 21 e 22 de novembro; Coimbra – Convento São Francisco, 24 de Novembro; Póvoa de Varzim – Cine-Teatro Garrett, 28 de novembro;
Figueira da Foz – CAE, de 30 de novembro a 2 de dezembro e Águeda – Centro de Artes, de 6 a 9 de dezembro.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close