Música

“Obrigado pela música”: Sever do Vouga reviveu os ABBA

Centro de Artes e Espetáculos

As canções intemporais dos ABBA foram protagonistas da noite de sábado no Centro de Artes e Espetáculos de Sever do Vouga. Formados em outubro de 2012, os ABBA MIA são uma banda-tributo de uma das mais bem-sucedidas bandas da história da música, os ABBA. No passado sábado, foi a vez do público de Sever do Vouga encher o seu Centro de Artes e Espetáculos e reviver quase duas dezenas de canções que todos conhecem, crianças e adultos.
O grupo ABBA formou-se em Estocolmo, Suécia, em 1972, mas só teve fama internacional depois de vencer a edição de 1974 do Festival Eurovisão da Canção com “Waterloo”. Desde então, ABBA ganhou popularidade empregando ritmos cativantes nas suas canções, com letras simples e um som único, vendendo mais de 350 milhões de discos. Dez anos depois da fundação, o grupo suspende a sua atividade, para não mais voltar aos palcos. O grupo extinguiu-se, mas as músicas ficaram para sempre. Durante cerca de 90 minutos em Sever do Vouga, não faltaram alguns dos grandes êxitos que marcaram a carreira dos ABBA. Os originais Agnetha Fältskog, Anni-Frid Lyngstad, Benny Andersson e Björn Ulvaeus foram revividos por Diana Abreu, Beatriz Almeida, Alex VanTrue e Jorge Sousa que abriram o pano com “Waterloo”. O público não precisou de ouvir a letra para reconhecer o ritmo. Seguiu-se “Lay All Your Love On Me” e “Mamma Mia”, tema que já deu lugar a vários filmes.

Possivelmente a marca que mais distingue os ABBA MIA dos originais são os instrumentais, mais roqueiros, mesmo nas baladas como “Fernando”, “The Winner Takes It All” ou “Chiquitita”. Mas também nas canções mais ritmadas, como “Take a chance on me”, “Dancing Queen”, “Honey honey” e “Money, Money, Money”, temas que conseguiram por o público a dançar mesmo fora das cadeiras.

“Does your mother know” foi o único tema que não foi interpretado pelo dueto feminino. Alex VanTrue, que também tem uma banda tributo aos Queen, mostrou aqui a sua versatilidade vocal.
Um concerto que recriou o som de tão popular banda e que demonstrou que os ABBA não têm canções datadas ou fora de moda! Com clássicos como “Super Trouper” ou “Gimme! Gimme! Gimme!” o público acompanhou com palmas, em “Thank You For The Music” este agradeceu a música, cantando a uma só voz. A despedida fez-se ao som de “Voulez-Vous”, transformando o concerto numa verdadeira festa.

Texto: Nelson Costa
Fotos: DR

Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close