Economia

«Marques Soares» inaugurou novos espaços da loja-mãe

Histórica marca portuense quer continuar a ser uma referência de moda e modernidade da cidade

A histórica marca de comércio tradicional portuense «Marques Soares» inaugurou ontem, dia 5, os novos espaços da sua loja-mãe, situada na zona dos Clérigos, com o desejo assumido de continuar a ser uma referência de moda e modernidade da cidade do Porto, num dia em que também celebrou o 59º aniversário.
As obras de remodelação envolveram um investimento de aproximadamente um milhão de euros e devolveram o ambiente e a sofisticação dos tradicionais armazéns do início do século XX.Numa tarde marcada pela animação, com atuações musicais e desfiles da coleção outono/inverno para 2019-20, a cerimónia decorreu junto à entrada principal, na rua das Carmelitas, e contou com inúmeros convidados e várias gerações de clientes.
Na sua intervenção, Paulo Antunes, administrador da empresa, revelou que “a inauguração de hoje é o culminar de um desafio abraçado há 10 anos, quando a atual administração recebeu o legado dos seus pais para continuar a obra começada pelos seus avós”.
A necessidade de “rejuvenescer a marca «Marques Soares», sem perder a identidade e os valores” que foram passados pelos dois fundadores da loja, Soares Antunes e Marques Pinho, esteve na origem do investimento realizado.
A estratégia envolveu alterações ao nível da comunicação e imagem, designadamente com a aposta na formação dos recursos humanos para o atendimento aos novos públicos turísticos da cidade, bem como o lançamento de uma nova plataforma de e-commerce. A remodelação das instalações da sede acabou por ser o maior de todos os desafios.
Uma das personalidades presentes foi o presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, que na sua intervenção fez questão, precisamente, de realçar “o importante contributo que a «Marques Soares» tem dado à cidade e a este quarteirão, que dispõe de quase todos os atrativos turísticos que o Porto oferece, designadamente Património, Cultura, turismo religioso e turismo de compras”.
Luís Pedro Martins lembrou, a propósito, que a cidade tem hoje “turistas provenientes de longas distâncias, com poder de compra elevado, mas também com uma exigência muito grande”. E realçou que “a «Marques Soares» tem sabido dar essa resposta, nomeadamente através de serviços como a entrega das compras no hotel onde o turista está instalado”.
As obras de remodelação hoje inauguradas resultam do projeto da autoria do arquiteto Mário Oliveira e de Pedro Caride, que materializa os valores e o ADN da «Marques Soares».
Classe, elegância e sofisticação são os três adjetivos que melhor descrevem os novos espaços da loja-mãe, visitados este sábado por centenas de pessoas.
Fotos: DR

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close