Sociedade

Idosa vive aos 109 anos terceira pandemia

Já resistiu à pandemia de gripe espanhola em 1918 e à tuberculose.

Emília Pinho Costa, residente Oliveira de Azeméis celebrou na última terça-feira, dia 7, o seu 109.º aniversário, sendo descrita como saudável em tempos de Covid-19, depois de já ter resistido à pandemia de gripe espanhola em 1918 e à tuberculose.
O presidente da Câmara Municipal, Joaquim Jorge, associou-se à efeméride através de uma mensagem dirigida à aniversariante e desafia todos os oliveirenses a enviarem também uma pequena mensagem de parabéns como forma de homenagem à população sénior, um dos maiores grupos de risco do atual surto epidemiológico.
“Neste momento muito difícil para todos e particularmente para os nossos seniores queremos homenagear todos os seniores do nosso concelho e do país, endereçando-lhe votos de parabéns e muitas felicidades, em meu nome pessoal e em nome de toda a comunidade oliveirense”, afirma o presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis na mensagem, sublinhando ainda que “a sua longevidade é, para nós, um sinal de esperança e confiança no futuro”.
Emília Pinho Costa assinala o seu aniversario numa altura em que a mesma recorda que o Covid-19 é a segunda pandemia que enfrenta depois de ter sobrevivido à chamada gripe espanhola quando tinha apenas sete anos de idade.
A gripe de então, que infetou cerca de um terço da população mundial, traz-lhe recordações tendo sido uma fase muito complicada e difícil de ultrapassar.
Sobre a pandemia que o mundo vive hoje segue as notícias com muita preocupação e deixa uma mensagem de união e de esperança.
“Devemos enfrentar esta pandemia com coragem, não sair de casa para nos protegermos e orar pela Humanidade como fez o Papa Francisco sozinho na Praça de S. Pedro”, diz.
“Sobrevivi à gripe espanhola, à tuberculose tendo perdido o meu pai. Passei pela I e II Guerra Mundial e aqui estou. A Graça do Senhor é grande: vamos vencer esta pandemia e ficarmos bem”, acrescenta.
Emília Pinho Costa foi viver, aos 13 anos, para a freguesia de Cucujães com uma tia materna para aprender a arte de costura e bordados. Casou com 19 anos e teve sete filhos. É avó de 14 netos, 20 bisnetos e cinco trinetos.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close