Educação

Instituto Superior de Paços de Brandão na Feira vai encerrar no final de 2021

Estabelecimento de ensino privado tem atualmente 100 alunos.

O Instituto Superior de Paços de Brandão (ISPAB), Paços de Brandão, Santa Maria da Feira, que leciona cursos universitários, vai encerrar portas no final de 2021, revelou hoje a Direção, que acolhe atualmente os seus últimos 100 alunos.
Com licenciaturas em Contabilidade e Gestão, e também em Marketing, Publicidade e Relações Públicas, o ISPAB também já promoveu cursos e pós-graduações nas áreas da engenharia e tecnologia, mantendo ainda a formação profissional para ativos desempregados, entre outras modalidades de ensino.
“Na verdade e apesar das várias tentativas para que isso não acontecesse por parte da entidade instituidora (FEDESPAB) e por parte do ISPAB, esta solução foi ponderada e aceite, em função dos condicionalismos e requisitos a que as instituições de ensino superior se encontram presentemente obrigadas a cumprir”, refere a direção do ISPAB em comunicado.
A cessação da atividade do instituto já foi homologada em Diário da República, no Aviso N.º 7101/2020, que refere que a Fundação de Ensino e Desenvolvimento de Paços de Brandão, enquanto entidade fundadora do ISPAB, já a 10 de setembro de 2019 comunicou à tutela a decisão “proceder ao encerramento voluntário daquele estabelecimento de ensino superior até ao final do ano letivo 2020/2021”. “Todos os direitos dos Alunos estão salvaguardados e até à data de 31-Dezembro-2021 todos devem concluir os seus cursos superiores. O comunicado refere ainda que “foram 30 anos de ensino superior que o ISPAB ministrou, foram milhares os alunos que formou e foi determinante para o desenvolvimento da freguesia e da região. Por isso, devemos todos recordar o ISPAB com muito orgulho. Apesar desta situação o encerramento do ISPAB não significa o fim do ensino superior em Paços de Brandão”.
Fundado em 1990 e inaugurado oficialmente em 1991, o ISPAB tem todos os cursos de licenciatura adequados ao Processo de Bolonha e em 2018 registou as últimas matrículas para licenciaturas, todas elas com a duração de três anos.
Grande parte dos alunos que frequentam o estabelecimento são trabalhadores-estudantes, à exceção dos de origem estrangeira.
Os funcionários do instituto irão transitar para os quadros da Escola Profissional de Paços de Brandão, que, também gerida pela Fundação de Ensino e Desenvolvimento local, é atualmente frequentada por cerca de 400 alunos.

 

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close