Sociedade

Bordado de Guimarães conhece novas mãos e olhares de 18 de setembro a 24 de outubro

Inscrições na formação em Bordado de Guimarães são gratuitas e podem ser realizadas até 1 de setembro

Entre setembro e outubro, o Bordado de Guimarães conhece novas mãos e olhares através de uma formação promovida pela CEARTE em parceria com A Oficina. Parte integrante da génese e da missão da cooperativa A Oficina, a preservação e promoção desta arte tradicional de Guimarães continua a ser cuidada e valorizada mais de 3 décadas passadas, sendo um ativo certificado da cidade de Guimarães desde 2010. As sessões de formação acontecem de 18 de setembro a 24 de outubro, às sextas-feiras e sábados, na Casa da Memória de Guimarães, e as inscrições (gratuitas) podem ser realizadas até 1 de setembro.
Organizada pela CEARTE – Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património em parceria com A Oficina – Centro de Artes e Mesteres Tradicionais de Guimarães, esta formação tem como objetivos identificar e caraterizar os materiais e os equipamentos utilizados para a execução de bordados e reconhecer a evolução do bordado, desde a sua origem até aos dias de hoje. Como forma de manter sustentável o conhecimento sobre esta forma distinta de bordar, esta formação apresenta de forma particular o Bordado, as técnicas e matérias-primas associadas (como telas de juta alinhadas, tecidos de algodão e cambraia, fios naturais e artificiais, e outras matérias secundárias), equipamentos utilizados nos Bordados, dando ainda a conhecer os seus bastidores e a introdução ao estudo da História do Bordado.
Estes são alguns dos pontos do programa desta formação, a cargo das bordadeiras Isaura da Conceição Ferreira Alves e Maria Isabel Vales Oliveira. As sessões decorrerão de 18 de setembro a 24 de outubro – sextas-feiras das 18h00 às 23h00 e sábados das 09h00 às 18h00 – na Casa da Memória de Guimarães, num total 75 horas de formação. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas até ao dia 1 de setembro, através do formulário online disponível no website d’A Oficina (www.aoficina.pt). Os destinatários desta formação incluem ativos empregados (6º ano ou mais de escolaridade) e desempregados (incluindo desempregados de longa duração) com escolaridade até ao 12º ano e o número de inscrições está limitado a 16.
O Bordado de Guimarães, que viu a sua certificação oficializada em 2010, transformou-se ao longo dos tempos e revestiu-se de um conjunto de caraterísticas muito específicas que lhe garantem unicidade. As suas seis cores (vermelho, azul, bege, cinza, branco e preto), usadas isoladamente, a reprodução de motivos estilizados e o uso de vinte e um pontos tornam-no singular. Esta forma de arte tradicional de Guimarães pode ser encontrada em permanência na Loja Oficina (Rua Rainha D. Maria II e online em www.loja.aoficina.pt), local onde o artesanato é fortemente representado por uma variedade de produtos de Bordado de Guimarães, como lenços, toalhas, guardanapos, bases de copos, sacos aromáticos, entre outras versões criativas de aplicação deste ofício tradicional vimaranense certificado.
Em 2011, A Oficina assumiu-se como Entidade Promotora da Certificação do Bordado de Guimarães tendo a responsabilidade de acompanhar o trabalho junto das artesãs que aderiram às normas da Certificação, bem como realizar o trabalho de promoção necessário à cativação de novos produtores. O artesanato de Guimarães materializa a memória de determinadas atividades outrora inseridas no panorama industrial local. Algumas técnicas ancestrais perpetuaram-se através da passagem do conhecimento e das práticas entre várias gerações de artífices, e que ainda são aplicadas, nos dias de hoje, na criação ou reprodução de objetos utilitários e decorativos. Sabendo respeitar o património relativo às artes tradicionais, o trabalho desenvolvido pel’A Oficina procura sensibilizar o grande público para a valorização do percurso dos artesãos e apoiar no reconhecimento dos seus produtos, contribuindo assim para a perpetuação dos modos de fazer artesanais como legado patrimonial de futuro.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close