10@norte

10@norte com Antero Braga

É um homem do Norte, e os livros foram a sua vida. A livraria Lello, no Porto,  foi o lugar, onde muitos de nós tivemos o privilégio de privar com ele. A música que define o Norte, para Antero Braga, é a “pronúncia do Norte”. Tem na Região do Alto Douro uma das suas paixões.  

O melhor refúgio do norte?
Toda a região do Alto Douro.

A melhor frase que ouviu?
Pelo exagero fiquei surpreendido “Para acertares desconfia de ti mesmo.”

A melhor figura desta região do país?
Conheci e admirava muito João Araújo Correia.

A música que representa o norte?
Pronúncia do Norte dos GNR.

O melhor espetáculo que viu no norte?
“Lago dos Cisnes”. Mas existiram muitos mais e de grande qualidade.

Com que figura nortenha gostava de jantar?
Professor Sobrinho Simões,  até porque gosta de jantar e não gosta de almoços.

O melhor prato?
Verdadeiro “Cozido à Portuguesa” Sugestão Casa Nanda. Rua da Alegria – Porto

O monumento mais interessante?
Sé do Porto e todo o seu acervo.

Um episódio caricato que viveu nessa região?
A carga da polícia no dia 1 de Maio em 68 no Porto.

Se escrevesse um livro sobre o norte que título teria?
“E nada o vento levou”

Foto: DR

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close