Entrevistas

Maura Airez: “A música sempre esteve presente na minha vida”

Entrevista com a vencedora do Prémio Revelação 2016 do Festival Caixa Alfama

A estreia discográfica de Maura Airez está a acontecer, aos 21 anos. Com voz firme e intensa, que ao escutá-la, logo nos primeiros segundos ficamos presos até ao final. “Fado Mãe” é o novo single que Maura nos apresenta na primeira pessoa.

Por: Andreia Gonçalves

Agência de Informação Norte  – Maura, és desde sempre apaixonada por música. Como a descobres e em particular ao fado?
Maura Airez  – A música sempre esteve presente na minha vida e na minha família. Sempre ouvimos música em casa inclusive fado! O meu avô é do bairro da Mouraria e cantava e a minha mãe também canta! Como single de avanço “Fado Mãe”, um tema composto por Dulce Pontes.

Como defines esta música Maura? E Dulce Pontes?
Chama-se fado mãe devido ao significado da palavra “fado” que em tempos significava destino. É um tema maravilhoso, com uma letra encantadora e muito específica! 
Dulce Pontes, para mim é uma das minhas maiores referências! Tão especial!

Esta nova versão de “Fado Mãe foi produzida por Mário Pacheco, com direção musical e arranjos de Bernardo Couto e Flávio César Cardoso. Descreve-nos a situação de trabalhar com estas grandes referencias do fado?
É de facto muito gratificante, porque estamos sempre a aprender e trabalhar com estes grandes nomes fazem-me crescer mais e mais como artista, fadista e como pessoa.

“Fado Mãe é um mergulho nos nossos corações?
 Podemos dizer que sim, mas nunca devemos  deixar mergulhar nos nossos corações o “vento , a chuva, a magoa, a solidão”.

O álbum completo chama-se “21Maura”.  Porquê?
Não foi muito difícil escolher o nome do disco, tenho como referência uma artista que sempre me “acompanhou” desde muito nova com a sua música “ Adele”! 21 é a minha idade e como o disco será lançado este ano, em 2021, não poderia ter outro nome!

Como foi a tua estreia como compositora, de dois dos 11 temas, que terá este teu primeiro trabalho discográfico?
Não posso dizer que foi fácil, primeiro que gostasse a sério de algo que compusesse, demorou algum tempo a ganhar alguma maturidade para tal.  São dois temas especiais, jovens!

Neste momento estás a promover o primeiro single. Como tem sido o feedback?
Bastante bom, as pessoas têm aderido imenso e pelo que parece gostaram muito. E agora, é esperar que a pandemia nos dê tréguas, para que Maura Airez suba ao palco e  o publico a possa aplaudir de pé.

Saiba mais sobre Maura:

Interpretando variadas músicas, desde temas de Amália Rodrigues como “Meu Amor É Marinheiro”, às interpretações, em fado, de canções como “Dois Corações”, dos Melim, Maura Airez- Prémio Revelação 2016 do Festival Caixa Alfama e nomeada para os International Portuguese Music Awards na categoria “Fado Performance”- já participou, entre outros, na 1ª edição do Festival de Fado de Marrocos, com Carminho e Luís Guerreiro, no NOS Alive e no palco Edp Fado Café.

 

 

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close