Opinião

O país com formato de bota de Senhora está a chutar a covid-19

Gianluca Zappi. 44 anos. Cabelo grisalho. Bigodinho a fugir ao lábio. Depois da pergunta sacramental de onde vens… Disse que já anda com máscara facial  há 1 ano que quando a tirar vai  ter que arranjar um novo cartão de cidadão. Depois mais a sério e de acertado a favor o tarifário entre Fiumicino e Roma  lá foi soltando a língua sobre os efeitos da pandemia. Itália foi o primeiro país europeu a sofrer as piores consequências. Mas aos poucos foi cerceando o mal. Há cores atribuidas a regiões em função de infectados e mortos. A norte é quase tudo vermelho. Roma a capital está amarela. Alerta mas não morta.  O recolher obrigatório entre as 22 e as 05 existe mas durante o dia é espécie de bar aberto. Uso de máscara obrigatório e distanciamento social, mas shoppings,  restaurantes ( take away só de noite ), cabeleireiros, livrarias, tudo ok. A economia anda. Ainda que exista muito desemprego e  gente a passar mal, a pandemia mantém um povo em alerta mas optimista  de tal forma que Guianluca  pelas fotos que  viu do Porto é homem para pegar na familia  e vir assim que possa aplaudir a equipa que bateu a Juve rival da Roma pois claro. O turismo baixou, mas há sempre estrangeiros na rua e enquanto assim for Gianluca sobrevive como a Bella ao ver o meu olhar famito e  me meteu numa sala com italianos a devorar o melhor bife de sempre. Auguri. Forza Itália onde hoje joga o SC Braga. Forza Portugal e o mundo. Antes de passar a fatura final Gianluca fez questão de parar o táxi e dizer me… Este é o Vaticano. Que Deus nos  proteja a todos. Afirmou e foi embora.

Fernando Eurico
Jornalista

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close