Breves

Esmoriz: Homem acusado de matar mulher diz que foi um acidente

"Nunca apontei a arma para ela. Isso é mentira”, disse ontem o suspeito no tribunal de Aveiro

Um homem de 80 anos acusado de ter matado a mulher com dois tiros de caçadeira junto à Estrada Nacional 109, em Esmoriz, Ovar, no distrito de Aveiro, negou ontem, dia, dia 27, no tribunal de Aveiro ter disparado contra a sua companheira, alegando que tudo se tratou de um acidente.
A vítima, de 58 anos, tinha acabado de chegar de mota à “Mutualidade De Santa Maria – Associação Mutualista”, onde trabalhava, quando foi abordada pelo suspeito.
“Nunca apontei a arma para ela. Isso é mentira”, disse o arguido, que está acusado dos crimes de homicídio qualificado, detenção de arma proibida e violência doméstica.
Recorde-se que o crime ocorreu no dia 31 de julho de 2020, quando, alegadamente, o arguido terá disparado contra a mulher, de 58 anos, com dois tiros de caçadeira à queima-roupa.

Foto: DR

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close