Sociedade

Natureza “invade” Shopping Cidade do Porto

Pavões, asas de anjo, pórticos de vegetação e árvore de Natal suspensa transformam centro comercial no spot mais fotografável da cidade

“A natureza estar a tomar conta do Shopping Cidade do Porto”  é o mote do arrojado projeto de decoração de Natal do centro comercial, que se inspirou na natureza em estado puro para recriar o espírito de Natal. O projeto artístico de decoração convida a  viver uma experiência sensorial única, que desperta os sentidos e transporta os clientes e visitantes para um mundo natural, onde elementos da fauna convivem harmoniosamente com apontamentos celestes e fazem a ponte para uma imponente árvore de Natal suspensa no vazado principal do centro comercial. Pórticos com colunas de vegetação luxuriante, pavões majestosos espalhados pelas entradas, baloiços gigantes de pássaros e soberbas asas de anjos prometem tornar o Shopping Cidade do Porto no spot mais instagramável da Invicta .
Entrar neste shopping é agora mergulhar numa  espécie de “portal para o mundo natural”, em que a passagem é emoldurada por vegetação verdejante, frondosa e colorida  numa evidente alusão à invasão que a natureza fez aos espaços urbanos durante o confinamento. “As medidas decretadas por causa da covid-19 fecharam muitos milhões de pessoas em casa e transformaram muitas metrópoles em cidades-fantasma. Durante esse período, várias foram as notícias veiculadas a propósito da forma como o resiliente mundo natural se manifestou”, refere Paula Mena, diretora do centro comercial. “Vimos pavões nas ruas de Bombain, javalis em Barcelona, veados e corças em Londres numa “invasão” surpreendente que encantou milhões de pessoas. Há também vários exemplos de espaços abandonados pelo Homem, por circunstâncias várias, que agora estão entregues à mãe-natureza e que trouxeram resultados inesperados na paisagem. Esta beleza majestosa foi a nossa inspiração para o projeto de decoração de Natal deste ano”, sublinha a responsável, que queria proporcionar aos clientes e frequentadores “um ambiente surpreendente, repleto de cor, alegria e energia positiva”.
Assim, para além das três portas de entrada completamente revestidas de vegetação, há cinco pavões coloridos e cheios de luz a adornar diferentes espaços do shopping e dois pares de asas de anjo a convidar a tirar selfies ou fotografias com a família ou com amigos. No vazado central, uma imponente árvore de Natal suspensa é “engolida” pela natureza, numa comunhão perfeita e cúmplice entre o símbolo máximo da quadra e o meio ambiente que desabrocha livremente. Três baloiços gigantes com pássaros complementam a arrojada decoração natalícia que envolveu uma equipa de profissionais constituída por designers, escultores, serralheiros, pintores, eletricistas e engenheiros. A colocação das peças suspensas ficou a cargo de uma equipa de alpinistas.

Bee Plan assina projeto de decoração que, pelo caminho, se tornou mais sustentável

Desenvolvido pela Bee Plan, empresa especialista em  decoração de Natal interior e exterior, o projeto artístico foi exclusivamente concebido para o shopping Cidade do Porto e materializado através de peças feitas exclusivamente à mão e com materiais reciclados. A conceção manual daqueles espantosos elementos decorativos traduz-se em mais de 600 horas de trabalho, a partir de peças recicláveis, na maioria reutilizados, entre os quais alumínio, rede metálica, tapetes de ioga, flores artificiais – algumas das quais desconstruídas – bolas, vegetação artificial e iluminação LED.
Conceição Amorim, diretora da Bee Plan, sublinha que a falta de matérias-primas acabou por transformar esta decoração num exercício artístico sustentável. “O que à partida podia ser um entrave à concretização do projeto acabou por ser um desafio de superação para toda a equipa. Com a escassez de matérias-primas para dar corpo à decoração de Natal, que começa a ser pensada logo no início do ano, decidimos desconstruir materiais e fazer substituições”, sublinha. Sem plumas e penas no mercado para cobrir pavões, anjos e pássaros, a empresa optou por utilizar flores e outros materiais. “Os escultores acabaram por ter maior liberdade para interpretar o projeto e criar as peças de forma artesanal. Na natureza nada é igual, nada há peças iguais, pelo que esta decoração de Natal do Shopping Cidade do Porto é de facto única, genuína e com um peso artístico muito significativo”, destaca Conceição Amorim, afiançando ainda que “a economia circular chegou à Bee Plan para ficar”.
Posicionando-se como “criadores de sonhos e de emoções”, a Bee Plan é responsável pelas decorações natalícias da maioria dos centros comerciais na Península Ibérica e a diretora não hesita em afirmar que “o Natal para nós começa com o Shopping Cidade do Porto. É um espaço onde temos mais liberdade criativa, maior margem de experimentação e onde temos carta branca para apresentar propostas desafiadoras”.
O desafio deste ano foi o de tornar este shopping de cariz urbano num espaço que resgatasse elementos orgânicos, que proporcionasse às pessoas a liberdade de voltar a sentir os elementos naturais, e que fosse, em simultâneo, facilitador de conexão, de troca de experiências e de convívio social, imprescindíveis para criar ambientes mais humanos e também naturais. A trabalhar com o shopping há 23 anos, Conceição Amorim  orgulha-se do resultado deste projeto que é também “uma homenagem à relação de parceria que perdura há mais de duas décadas”.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close