Breves

Caixões voltam a estar fechados em funerais de vítimas de covid-19

A Direção-Geral de Saúde voltou a atualizar a norma que regula os procedimentos “post mortem”, nomeadamente as regras dos funerais. A urna terá que estar obrigatoriamente sempre fechada.

A seis de fevereiro de 2021, a DGS escrevia o “reconhecimento visual do corpo” podia ser feito “por um familiar próximo” se a família o desejasse, e existirem condições para isso, “pode permitir-se a visualização do corpo”.

“De facto, a probabilidade de emissão de gotículas ou produção de aerossóis é inexistente no cadáver. No entanto, todos os profissionais de saúde ou outros, que manipulem ou preparem o corpo, devem usar Equipamento de Proteção Individual (EPI) apropriado, de acordo com as precauções básicas de controlo de infeção, nomeadamente luvas, bata ou avental impermeável descartável e máscara cirúrgica”, lê-se.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close