GaleriaNotícias

Administradores dos IPO alertam para falta de pessoal

Os administradores dos Institutos Portugueses de Oncologia (IPO) de Lisboa, Porto e Coimbra alertaram hoje para a falta de pessoal resultante das dificuldades em recrutar profissionais, com alguns pedidos a aguardarem resposta das Finanças há mais de dois anos.

Durante uma audição requerida pelo PS, CDS-PP e PCP, a propósito do documento “em defesa dos doentes oncológicos”, elaborado por 65 oncologistas contra o despacho que regulamenta a prescrição e dispensa de medicamentos inovadores, os presidentes dos três IPO transmitiram aos deputados da Comissão de Saúde as suas apreensões com a falta de pessoal.

Em causa estão dificuldades no recrutamento de pessoal, agravadas com a saída de muitos profissionais. Só no IPO do Porto saíram 90 funcionários nos últimos dois anos, cuja substituição a administração solicitou, tendo recebido recentemente autorização para uma contratação.

Lusa

foto Tiago Silva/Global Imagens

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close