GaleriaNotícias

Concerto de Kátia Guerreiro a favor da Liga de Amigos do Hospital de São João no Teatro Municipal Rivoli

“Gosto muito de cantar no Porto, o público é sempre muito generoso comigo. Estou muito feliz por regressar ao Teatro Rivoli, onde não canto há uns anos e este sentimento reflectir-se-á no repertório que vou escolher para este espectáculo de sabor tão especial”. O Teatro Municipal Rivoli, no Porto, recebe no próximo dia 10 de Julho, pelas 21h30, Katia Guerreiro, uma das vozes mais expressivas do Fado. As receitas deste espectáculo revertem para a Liga dos Amigos do Hospital de São João.
A cantora é imensa e intensa no fado que canta. Cada palavra que lhe sai do peito ganha amplitude que enche uma sala. A sua voz tem o poder de aquecer almas e o fado ensina-lhe todos os dias porque vale a pena continuar a cantar a canção da saudade, as palavras que o destino entrelaçou.

Para a artista todos os espectáculos que têm como finalidade ajudar os outros o sabor é especial. “Poder contribuir com a nossa arte, trabalho e tempo em prol de alguém ou de uma causa é algo que fazemos, eu e a minha equipa, com especial satisfação e empenho”.
A Liga dos Amigos do Centro Hospitalar de São João desenvolve, desde 2006, um trabalho excepcional baseado no humanismo e na generosidade e, com bastante empenho e determinação, “têm conseguido melhorar a vida e diminuir o sofrimento de quem está numa situação de doença e fragilidade”.
Katia Guerreiro espera que as receitas deste concerto “permitam continuar a beneficiar o trabalho desenvolvido pela Liga e que façam com que a sua ajuda preciosa possa chegar ainda a mais pessoas”.
Independentemente do alinhamento, que confessa ainda não estar totalmente fechado, “vai ser um espectáculo emocionante.

Neste espectáculo, a fadista fará uma viagem pelos maiores êxitos da sua carreira, acompanhada por Luís Guerreiro na guitarra portuguesa, João Veiga na viola e Francisco Gaspar na viola baixo.
Com seis discos editados, Katia Guerreiro sempre privilegiou, na escolha do seu reportório, grandes vultos da poesia e literatura nacionais, como é o caso de Luís de Camões, Florbela Espanca, Fernando Pessoa, António Lobo Antunes, entre outros.
Em 2010, ano em que celebrou 10 anos de carreira, recebeu da Fundação Amália Rodrigues o prémio de Melhor Intérprete de Fado. Em 2013, foi editado o seu primeiro CD/DVD ao vivo Katia Live at the Olympia, gravado em Janeiro de 2012, no mítico Olympia, em Paris. No mesmo ano, foi condecorada pelo Governo Francês, com a Ordem de Artes e Letras, no Grau Chevalier, que reconheceu a fadista como uma das notáveis representantes da cultura portuguesa em todo o mundo e uma das mais brilhantes cantoras da sua geração.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close