País

“Corrida de Camas” de Válega é já este sábado e passa a realizar-se à noite

A 12.ª Corrida de Camas de Válega, em que várias equipas superam testes de perícia como strip-teases e marcação de penaltis numa prova em leitos sobre rodas, decorre este sábado e passa agora a realizar-se à noite.

Segundo revela hoje a junta dessa freguesia do concelho de Ovar, que organiza o evento, esse retira inspiração de uma prática semelhante com tradição no Brasil e integra o programa das comemorações do aniversário da elevação de Válega à condição de vila.

“A corrida realiza-se na Avenida Comendador António Augusto da Silva, em volta de um jardim com a forma triangular, e é uma espécie de Carnaval em pijama”, explica António Pinto, coordenador da iniciativa.

“Um dos objetivos é recuperar e reinventar camas antigas, sobretudo as que são em ferro e de antepassados valeguenses, e outro é proporcionar diversão e entretenimento ao público, porque não faltam problemas mecânicos e ‘riscos de despiste’ a alguns leitos verdadeiramente desgovernados”, acrescenta.

Anteriormente realizada no mês de julho e durante a tarde, a corrida passa este ano a verificar-se no primeiro sábado de agosto para poder ser apreciada pela comunidade emigrante que neste período regressa a Portugal para férias.

O que o público encontrará em Válega será assim uma série de “atletas” que, em pijama ou lingerie (e com ambas as opções disponíveis tanto para homens como para mulheres), terão que completar uma prova em contrarrelógio e outra de superação de obstáculos.

Ambos os percursos em torno do jardim obrigam a que as equipas empurrem sempre a cama com pelo menos um elemento a bordo, mas na corrida de perícia haverá vários testes práticos e “artísticos” a superar.

Entre esses inclui-se habitualmente a rebentação de balões por um concorrente vendado, uma mini-corrida em saltos de juta ou com pernas atadas, o transporte de uma bandeja cheia sem entornar nenhum copo, a marcação de penaltis através de um pneu de camião e até um strip-tease perante o público, ao som do clássico de Joe Cocker “You can leave your hat on”.

“A classificação final é determinada pelos melhores tempos obtidos nas duas provas cronometradas”, mas António Pinto adianta que a edição deste ano contará ainda com uma prova extra com direito a prémio próprio.

O talento a avaliar nessa disputa será a dança e todos os concorrentes serão testados nos mesmos temas: “Je t’aime…Moi Non Plus”, de Jane Birkin e Serge Gainsbourg; “Macarena”, do grupo Los del Rio; “O popó da namorada”, de Augusto Canário; e o recente êxito “Despacito”, de Luis Fonsi com Daddy Yankee.

Para todas essas provas estão já inscritas 15 equipas e o coordenador da Corrida de Camas de Válega garante que os seus 60 participantes saberão entreter devidamente os espectadores porque, “mais do que uma competição”, a iniciativa “é um momento de grande galhofa e pura diversão”.

Texto: Alexandra Couto
Foto: DR

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close