Música

Bárbara Bandeira levou ao histerismo jovens de Guimarães

Os fãs de Bárbara Bandeira foram abençoados, ontem na cidade-berço, com um concerto cheio de ritmo, cor e luz com todas as canções que sabem de cor. Estivemos no Multiusos de Guimarães.

2018 foi um ano marcante na carreira de Bárbara Bandeira. Depois do Globo de Ouro, um prémio Revelação votado pelo público e o lançamento do seu primeiro EP intitulado “Cartas”. Trata-se de uma coleção de 5 temas que reuniram 10 milhões de audições nas primeiras semanas.Foi, precisamente, essa viagem pelos seus temas de origem que ouvimos na noite passada no Multiusos de Guimarães, apimentados com alguns covers dos artistas que mais admira.

Pouco passava das 21h30 e eis que Bárbara entra em palco. De imediato, um grito coletivo ecoou no Multiusos e poucos foram aqueles que permaneceram sentados. Com “Nem sequer doeu”, um dos temas com mais êxito da sua ainda curta carreira, Bárbara mostrou ao que vinha: uma noite cheia de pop refrescante, ritmos urbanos e contemporâneos que se aproximam do hiphop e da eletrónica, e fizeram o público cantar a plenos pulmões como se de uma grande coro se tratasse.

“Cartas”, de Bárbara Bandeira, teve uma excelente recetividade do público, alcançando mesmo o n.º 2 do top dos álbuns mais vendidos em Portugal na semana de estreia em julho passado. A isso se deve, para além de um talento que lhe é inato, uma equipa de luxo com a qual se rodeou desde a primeira hora: para além do pai Rui Bandeira, músico e intérprete com largos anos de estrada, Agir, Ivo Lucas, João Direitinho, Jorge do Carmo ou NellsonKlasszikcomo sendo alguns dos autores que assinam as suas canções.

O concerto de ontem foi, pois, centrado no EP “Cartas”. “Friendzone” foi escutada duas vezes, logo a seguir a “Nem sequer doeu” e no encore. “A última carta”, “E se eu”, “Como sou”, “Crazy” e “És tu” foram cantados ao vivo para gáudio do público. Um dos momentos altos da noite foi o dueto com Ivo Lucas, convidado especial do concerto. Sentados no centro do palco cantaram, juntos, “Como eu”, acompanhados por uma multidão de luzinhas na arena. Aos temas originais, juntaram-se as versões de “Thankyounext” celebrizada por Ariana Grande, e “Mymind” de Yebba e Abbey Smith.

O Multimeios de Guimarães encheu-se de um público predominantemente jovem e separado de pais que optaram por um lugar nas imediações do recinto.

Texto: Nelson Costa
Fotos: Sérgio Dias

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close