Notícias

Projeto da Católica vence prémio da Agência Nacional de Inovação  

Projeto AgroGrIN Tech permite o aproveitamento total dos resíduos das indústrias de processamento de frutas

Das cascas de ananás ao desperdício zero: o projeto AgroGrIN Tech, da Escola Superior de Biotecnologia (ESB) da Universidade Católica Portuguesa, no Porto, acaba de vencer o concurso Born From Knowledge Ideas, uma iniciativa da Agência Nacional de Inovação. O concurso, que distingue as ideias de negócio provenientes de instituições de ensino superior, permite o acesso a um programa de aceleração de Ciência e Tecnologia. A este nível, refira-se que o projeto AgroGrIN Tech, desenvolvido pela investigadora Débora Campos e coordenado por Manuela Pintado, investigadora e diretora do Centro de Biotecnologia e Química Fina (CBQF), será submetido a um processo de aceleração corporativo, transformando a ideia de negócio num produto.
O AgroGrIN Tech é um processo patenteado que permite a valorização a 100 por cento dos resíduos das indústrias de processamento de fruta. Esta solução, desenvolvida com base nos resíduos do ananás, permite a extração dos desperdícios de ingredientes de alto valor económico – como enzimas, vitaminas e polifenóis –, potenciando a economia circular e a redução drástica dos desperdícios industriais. Esta tecnologia permite, assim, a inclusão na cadeia alimentar de ingredientes naturais e saudáveis, possibilitando ao consumidor fazer escolhas nutricionais mais conscientes.
De destacar, ainda, do ponto de vista económico, que a incorporação desta tecnologia diminui desperdícios e aumenta margens de lucro, criando novas fontes de receita através dos novos ingredientes. De acordo com a investigadora Débora Campos, a atribuição deste prémio e a inclusão da iniciativa no acelerador Born From Knowledge Ideas “vem dar uma grande visibilidade ao projeto”, capitalizando a confiança no potencial comercial deste processo.
A Universidade Católica Portuguesa é constituída por quatro centros regionais: Braga, Lisboa, Porto e Viseu. No Porto, a Universidade tem dois campus que integram oito unidades académicas e sete unidades de investigação onde uma comunidade vibrante de mais de 8000 mil professores, alunos e colaboradores partilham conhecimento nas áreas das Artes, Bioética, Biotecnologia, Direito, Economia, Educação, Enfermagem, Gestão, Psicologia, Teologia entre outras. Neste momento, a Católica no Porto oferece 13 licenciaturas, 29 mestrados, 11 doutoramentos, 40 pós-graduações, formação avançada e executiva, Teen Academy e programa Universitário Mais Saber. www.porto.ucp.pt

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close