País

Declarado estado de calamidade em Ovar

Ministra da Saúde justifica decisão com elevada cadeia de transmissão da covid-19

Governo acaba de confirmar o estado de calamidade em Ovar. O anunciou foi feito pelo  ministro da Administração Interna. Eduardo Cabrita referiu  que, “salvo um conjunto de situações excecionais”, fica “vedada a saída dos residentes do concelho de Ovar para fora do município e vice-versa”.
Há 30 casos positivos de Covid-19 naquele concelho, que fica em quarentena obrigatória. A medida vai ser aplicada de imediato, bem como “as medidas que permitam a zona de inibição de acesso” e para que “localmente se estabeleçam os mecanismos de acompanhamento do cumprimento destas medidas”, enfatizou.
A ministra da Saúde, Marta Temido, afirmou que Ovar tem “elevado número de casos confirmados numa área relativamente restrita” e lembrou que entre os 51 casos confirmados pela Administração Regional de Saúde do Centro, “30 são relacionados com o concelho de Ovar”, com “440 contactos já identificados”.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close