Notícias

Famalicão: Teatro da Didascália volta a “atear” discussão sobre a industrialização

Entre 21 e 24 de outubro

Riba d’Ave afirma-se, desde o final do século XIX, como um polo industrial, em particular, do setor têxtil. Mas a que custo? É esta a grande questão que guia o segundo ato de Paisagem Efémera – industrial e urbana. Depois de “preencher” um espaço que se fazia habitar pelo silêncio e vazio – a antiga Fábrica de Sampaio Ferreira –, o Teatro da Didascália toma, agora, de “assalto” o Antigo Quartel de Bombeiros desta freguesia de Vila Nova de Famalicão para refletir sobre o impacto da indústria no rio que a acompanha em toda a sua margem. O espetáculo percurso estreia já a 21 de outubro e pode ser visto até ao dia 24 deste mês.
Depois de “nascer” nas encostas da Serra da Cabreira, o Rio Ave percorre quase 100 quilómetros até se reunir com o mar, em Vila do Conde. Nesta viagem, traz consigo histórias das terras por onde passa, entre elas, a da industrialização do Vale do Ave, que “sufocou” este “rio em coma”, tal como como diria o líder indígena brasileiro, Ailton Krenak. Apesar de dar o nome à vila de Riba d’Ave, o rio passa despercebido num passeio mais distraído pelas ruas da freguesia. Escondido pelas fábricas e edifícios de todos os géneros e feitios, aquele que já foi responsável por “alimentar” os seus teares e potenciar a produção de eletricidade, tem vindo a sofrer com a contaminação dos despojos sucessivos, fruto da operação diária das fábricas que ao longo de décadas ocupam as suas margens.
O segundo ato de Paisagem Efémera – industrial e urbana conta com direção artística de Bruno Martins, tendo como criadores e intérpretes António Júlio, Margarida Gonçalves e Rui Souza. Recorde-se que o Teatro da Didascália vai apresentar mais um ato no âmbito desta iniciativa que irá explorar, também, a paisagem do território ribadavense. O espetáculo percurso, que vai percorrer o Antigo Quartel de Bombeiros de Riba d’Ave, pode ser visto entre quinta-feira e domingo, às 21h00.

 

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close