Notícias

Administrados 2 milhões de doses de reforço da vacina em Portugal

Portugal administrou este ano, até hoje, dois milhões de doses de reforço da vacina contra a convid-19 e 2,2 milhões contra a gripe, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Num comunicado hoje divulgado, a DGS reitera que “a vacinação é a melhor forma de proteção contra a doença grave, internamentos e morte”, e reforça “o apelo para que as pessoas que ainda não estão vacinadas efetuem o agendamento em https://covid19.min-saude.pt/pedido-de-agendamento”.

Atualmente, o auto agendamento está disponível para pessoas com 65 ou mais anos. Além disso, está também disponível a modalidade Casa Aberta, para pessoas com 75 ou mais anos. Neste caso, os horários podem ser consultados em https://covid19.min-saude.pt/casa-aberta/.

A DGS recorda que “são elegíveis para a dose de reforço no regime de Casa Aberta os utentes que não tiveram covid-19 nos últimos 150 dias e já completaram o esquema vacinal há pelo menos 150 dias”.

Ainda de acordo com a DGS, num outro comunicado hoje divulgado, 64.400 pessoas receberam no sábado a dose de reforço da vacina contra a covid-19.

Ainda de acordo com a DGS, no sábado registou-se ainda um total de mais 3.926 pessoas que completaram o esquema de vacinação primário, havendo já 8.622.014 pessoas com esse esquema completo.

Há também mais 16.669 pessoas vacinadas contra a gripe.

Portugal regista hoje mais 3.879 casos de covid-19 e 13 mortes provocadas pela doença e um aumento nos internamentos em enfermaria, com mais 12 pessoas internadas nos hospitais, de acordo com os dados oficiais hoje divulgados.

Segundo informações divulgadas hoje pela ‘task force’ que coordena o processo de testagem, Portugal atingiu na passada sexta-feira um novo máximo de testagem diária, com 197.718 testes de rastreio à covid-19 realizados, com uma taxa de positividade de 3,1%.

A covid-19 provocou pelo menos 5.300.591 mortes em todo o mundo, entre mais de 269,02 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.658 pessoas e foram contabilizados 1.192.288 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

JRS (IMA) // CSJ

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close