EntrevistasGaleriaNotíciasVideos

Novo disco de Pedro Madeira é “um hino a Lisboa” (com vídeo)

Há muito que é considerado um dos maiores e mais talentosos cantores e compositores da sua geração. Há oito anos que decidiu abraçar o mundo da música. Tudo mudou com o tema «Deixa-me sentir», canção vencedora do Festival da Canção RTP júnior em 2006. «De Lisboa para Ti» é o 4.º CD de originais do cantor, uma verdadeira homenagem à capital portuguesa.
“Este meu novo disco (De Lisboa para Ti) é mais orgânico do que o anterior, é menos comercial, tive mais tempo para o compor, foi mais pensado, a equipa era maior e isso tudo ajudou no resultado final, tornando-o mais verdadeiro”. É desta forma que Pedro Madeira descreve o seu novo trabalho discográfico «De Lisboa para Ti», que chegou na há poucos dias ao mercado discográfico. Além de ser uma simples homenagem a Lisboa, o cantor, prestes a completar 22 anos, entende que «LX», single principal do álbum, é essencialmente “um hino a Lisboa, mas também para o resto do país”.

Além de «LX» ser um cartão de visita do disco, é a música com que mais se identifica, pelos tempos que passou na faculdade, pelas horas que passou a estudar, “a capa é a música com que mais me identifico neste trabalho por tudo isso”. Mesmo não sendo uma música muito comercial, “esta é a canção de eleição deste disco”.
Com todos os temas de sua autoria, considera que se trata de um disco “luminoso”, com uma luz que só se encontra na capital portuguesa. Trata-se do quarto álbum do cantor, que iniciou o seu percurso em 2006, saindo vencedor do Festival da Canção Júnior, na altura com apenas 13 anos. Pedro Madeira não gosta de fazer comparações relativamente aos trabalhos anteriores, mas tem a certeza de que “este é aquilo que eu sou hoje”.
Nasceu em Vendas Novas, toca vários instrumentos, abarca vários estilos musicais e tem uma história que começou há oito anos. Apesar da sua juventude, é neste momento um dos jovens que se destaca no panorama musical português. “Tenho tido a sorte de continuar a trabalhar numa área de que gosto, sei que sou novo, tenho uma carreira e vida pela frente” e, quanto ao talento, “é a opinião de cada um que conta e agradeço as muitas pessoas que me têm acompanhado”.

O Festival foi o princípio de tudo

Numa conversa sem pressas, não esconde o orgulho que foi representar Portugal Festival da Canção RTP Júnior. “Foi a primeira vez que Portugal entrou no certame e tive a sorte de vencer, e representei na Eurovisão, onde vesti a camisola do meu país”, um período da sua vida que afirma que nunca se vai esquecer, uma vez que “foi o princípio de tudo”.
Paralelamente à música, Pedro Madeira nunca escondeu o gosto de comunicar e “muitas vezes até digo que me mandem calar pois, caso contrário, estou sempre a falar”, risos. E foi esse um dos motivos que o levou a licenciar-se em Comunicação Social.
Na sua visão futurista, entende que Portugal caminha cada vez mais para uma comunicação “mais facilitada, onde nem sempre a informação é filtrada, chega de forma rápida e por fontes nem sempre conhecidas”. Diz não ter dúvidas de que a informação no futuro passa “pela sua simplicidade” mas, mais do que a paixão de fazer rádio, onde se sente bem é no pequeno ecrã. “Gostava muito de ser apresentador de televisão”, embora muitas vezes isso “não é bem aceite ser cantor e trabalhar na rádio ou na televisão, pois as pessoas baralham um pouco as coisas”. Mas de uma coisa tem a certeza: “na música vou estar sempre”, concluiu.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close