Sociedade

Pai Natal anda pela invita

É sempre um dos momentos mais desejados de todas as crianças e mesmo adultos, que aproveitam para uma conversa com o Pai Natal no seu trono, seguida da tradicional fotografia e, por vezes, de uma pequena lembrança, que todos os anos é oferecida aos mais pequenos.
Fomos encontrá-lo no Porto a receber as cartas e pedidos das crianças. Metemos conversa, apesar de confessar que tinha muito trabalho com os muitos pedidos. O certo é que é difícil não acreditar na bondade e simpatia deste homem de barbas brancas, que todos os anos nesta altura não tem mãos a medir. Anda um pouco por todo o lado. Centros comerciais, escolas, empresas, na rua.
O Pai Natal não nos revelou a sua idade, entidade, nem pormenores mais pessoais. Disse-nos apenas que era homem de poucas palavras e que as mesmas estavam reservadas para as crianças que o procuram e que nesta altura tinha outros amigos que o ajudavam.
Este ano, no Norte, já lhe pediram de tudo, mas continuam a ser as novas tecnologias que vencem. O certo é que este Pai Natal, de barbas brancas, óculos na ponta do nariz, de olhos claros, revelou ter perdido já a conta ao número de crianças e adultos que pediram para tirar uma fotografia. Aquilo que sabe é que saem a acreditar no Pai Natal. E é tão bom ser criança no Natal… Porque tudo é tão diferente.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close