Breves

Provedor do Utente quer hospital na linha da frente

O Provedor do Utente do Hospital Dr. Francisco Zagalo – Ovar (HFZ-Ovar), Orlando Sá, não poupa elogios ao funcionamento da unidade, mas assegura manter-se “muito vigilante”, tendo em vista a garantia do direito dos utentes e dos seus deveres.
“Estamos a falar de um pequeno hospital em dimensão, com um nível de qualidade acima da média, bem orientado e com um quadro de pessoal sempre pronto a servir”, afirma Orlando Sá, salientando as características do equipamento. “As pessoas dizem mesmo que o preferem a uma clínica privada qualquer”, adianta.
“Apesar de tudo, queremos sempre mais e melhor”, sublinha. “Não posso deixar de destacar o trabalho desenvolvido pelo actual Conselho Directivo, sei que tem projectos para o futuro, que irão optimizar as instalações, reforçando, consequentemente, a qualidade do serviço prestado”, diz. “Este é o caminho, pois ambicionamos um hospital que se posicione na linha da frente”, sustenta.
Orlando Sá assinou em 2016 a declaração de compromisso que o tornou Provedor do Utente, no decorrer da sessão comemorativa do 55º aniversário desta unidade hospitalar. Na ocasião, confessou que “o trabalho com os doentes e com os mais necessitados tem um encanto especial”, prometendo “tudo fazer para deixar uma marca positiva” no final do mandato.
“Espero que esta minha missão possa ajudar e servir os doentes, ajudar a ter melhor acesso aos cuidados de saúde. Se este desiderato for cumprido, certamente que continuamos a ter um serviço exemplar. Mas todos têm um papel a desempenhar, a contribuir para o crescimento deste equipamento de saúde. Como costumo referir, o hospital é o que os ovarenses quiserem que seja”, faz questão de realçar.
O presidente do Conselho Directivo do HFZ-Ovar, Luís Miguel Ferreira, é o primeiro a reconhecer a importância da figura do Provedor do Utente num equipamento da saúde. “Temos aqui um guardião, atento e pronto a resolver qualquer problema de funcionamento que envolva os utentes”, frisa.
“Orlando Sá antes de ser Provedor do Utente é, acima de tudo, um grande amigo do nosso hospital, a quem prestamos o nosso sincero reconhecimento por tudo o que tem feito pelo desenvolvimento desta unidade”, acrescenta Luís Miguel Ferreira.
O Provedor do Utente é uma figura independente da hierarquia hospitalar, assumindo-se como um canal privilegiado na interface de qualquer cidadão, mesmo não doente, com a estrutura organizacional, em respeito pela protecção de dados e deveres de salvaguarda da instituição e seus profissionais.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close