País

Falso Vinho do Porto e chocolates foram apreendidos pela ASAE

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), realizou duas ações de fiscalização dirigidas a uma indústria de fabrico de chocolates em Coimbra e a um estabelecimento de alojamento Local e restauração em Vila Real.
Como resultado das ações foram instaurados dois processos-crime pela utilização ilegal da expressão “Vinho do Porto” em violação da Denominação de Origem Protegida e um processo de contraordenação por falta de rotulagem e menções obrigatórias.
Em comunicado fazem saber que foram ainda apreendidos 16 kg de chocolates e mais de 1 570 rótulos, 118 litros de vinho do Porto, 34 garrafas em miniatura de vinho do Porto e 8 garrafas de capacidade de 0.50 litros de vinho do Porto, sem aposição de selo de garantia, bem como apreendidas 78 garrafas de capacidade de 0.50 litros de vinho do Porto com aposição de selo de garantia e contrarrótulos originais, mas com utilização indevida de rótulos de outra marca registada constituindo fraude sobre mercadorias, 79 lt de vinho licoroso sem qualquer rotulagem e 207 embalagens de metal de 0,5 lt de azeite. Tudo isto rondou os  7 500,00 euros.
“Esta ação permitiu a salvaguarda da imagem de um produto certificado e a leal concorrência entre operadores económicos, atendendo a que se estava perante o uso ilegal de uma Denominação de Origem Protegida, evitando-se, desta forma, a indução do consumidor em erro quanto à genuinidade e proveniência dos ingredientes dos produtos apreendidos”, refere o mesmo comunicado.

Tags
Show More

Related Articles

One Comment

  1. Misturam notícias de 2 ações completamente distintas. A fábrica de chocolates foi visitada pela ASAE há 3 meses. Agora aproveitam uma outra notícia para denegrir a imagem da fábrica, que nunca usou vinho falso e com provas disso. Quando se publica uma notícia para denegrir a imagem de uma empresa, chama-se a isso falta de profissionalismo, falta de ética e má fé. O vosso dever, como jornalistas, é Procurar a verdade, acima de tudo, e não vomitar texto para criar sensacionalismo.
    Procurem a verdade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close