Sociedade

Passagem de ano no Porto terá 16 minutos de fogo de artifício

A passagem de ano na cidade do Porto terá este ano três palcos com música, cerca de 16 minutos de fogo de artifício, um maior reforço policial, cortes no trânsito, mais oferta de transportes públicos e aproximadamente 80 pessoas a recolher vidro na rua.
O palco principal foi inaugurado, no último sábado, com um concerto de Marta Ren, que se fez acompanhar pela Orquestra de Jazz de Matosinhos. No domingo, realizou-se a tradicional São Silvestre, que teve partida e chegada nos Aliados.
Terça-feira, 31 de dezembro, dá-se na verdade a grande despedida de 2019 e as condições meteorológicas apontam ser bastante favoráveis. Pelas 22h30, Tiago Nacarato anima o palco dos Aliados e depois da meia-noite será a vez de Miguel Araújo. O fogo de artifício, um investimento de cerca de 25 mil euros, será lançado desde o edifício da Câmara Municipal. Mas a festa não fica por aqui. As boas vindas ao novo ano continuam até às quatro da madrugada com a dupla de DJ portuenses Gonçalo Mendonça e Francisco Aires Pereira. Existem ainda mais dois palcos alternativos a funcionar. Um na Praça dos Poveiros e outro no Largo Amor de Perdição, junto à Cordoaria, com DJ sets das 22h às 4h.

 

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close