Sociedade

25 de Abril: Praça de Ovar com um cravo gigante por cada vítima mortal de covid-19

A Praça da República de Ovar está hoje decorada com 35 cravos gigantes em homenagem às vítimas mortais de covid-19 nesse município do distrito de Aveiro, que esteve um mês em estado de calamidade pública devido à pandemia.

Essa área pedonal situa-se em frente à Câmara Municipal, que esta sexta-feira à noite também passou a exibir iluminação especial nas janelas da sua fachada principal, procurando evocar, em diferentes tonalidades, o arco-íris que se tornou um símbolo internacional de esperança na luta contra o vírus SARS-CoV-2.
Os cravos dispostos pela praça têm cerca de dois metros de altura, são feitos essencialmente de esponja e, segundo explica a autarquia, cada uma dessas flores “representa um munícipe que partiu, vítima da covid-19”.
A iniciativa constitui assim uma “singela homenagem às suas famílias”, num dia que, embora celebrando a memória feliz dos 46 anos da Revolução do 25 de Abril, também representa “um momento difícil” para as famílias enlutadas do concelho – até porque, devido às restrições sociais impostas pela doença, as respetivas cerimónias fúnebres não puderam realizar-se nos moldes tradicionais.
As 35 flores refletem, por sua vez, o número exato de mortos que a Câmara Municipal de Ovar contabilizava esta sexta-feira à noite no seu balanço diário da evolução epidemiológica local da Covid-19.

Alexandra Couto, da Agência Lusa – via SAPO24
Foto: DR

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close