NotíciasVideos

Ano novo, vida nova… só para alguns

As opiniões dividem-se entre alguns portugueses no início de 2013. Se uns vão continuar a olhar o dia-a-dia com optimismo, apesar das dificuldades, outros mostram-se visivelmente mais desmotivados e pouco confiantes nos próximos 365 dias.

O certo é que o início de um novo ano marca o princípio de um novo ciclo e, por isso, há quem aproveite para prometer mudanças a si próprio, apesar das dificuldades. Mesmo em tempo de crise, há quem decida olhar para o dia-a-dia com mais optimismo, mas há quem aposte simplesmente em se distrair, fazer caminhadas ou uma ida simplesmente ao ginásio.

Depois do anúncio feito recentemente pelo chefe de missão para Portugal do Fundo Monetário Internacional (FMI), Abebe Aemro Selassie, que 2013 ainda vai ser um ano difícil, em relação ao Estado Social, o economista etíope considerou que Portugal poderá ter um grande Estado Social, mas tem que o pagar.

Abebe Aemro Selassie reconheceu à agência Lusa que os portugueses já sofreram muito e salientou que Portugal já conseguiu progressos sólidos. Explicou ainda que este terço do programa de ajustamento que ainda falta vai ser duro, porque a economia ainda está fraca.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close