Espetáculos Nacionais

Vila do Luso rendida à voz de Adelaide Ferreira

Adelaide Ferreira mostrou no sábado porque ainda continua a ser apelidada como a mais importante voz feminina da história do rock português. No concerto na Vila do Luso, promovido pela Junta de Freguesia, a cantora emocionou com as suas baladas de sempre, proporcionou momentos de dança bem ao estilo dos anos 80 e fez vibrar – e vibrou – com o melhor do rock português.
A majestática sala do antigo Casino da vila termal encheu-se de fãs da cantora, e público local, que viajaram pelos maiores sucessos da cantora, que são no fundo dos maiores sucessos da música portuguesa!
O concerto começou com os sons tropicais de “Como encontrar o amor”, tema dos anos 80 e que aqueceu a noite fria da Serra do Buçaco.

Dos anos 80 passámos para “Não és de ninguém”, incluído no último álbum editado em 2011. Seguiu-se “Fala-me de ti…”, uma balada intemporal interpretada com muita emoção e sentimento. Aconteceu o primeiro grande aplauso da noite.
Durante hora e meia de concerto, a cantora não escondeu a emoção de poder partilhar os seus temas, os mais recentes e os de sempre, junto de um público de todas as idades. E foram poucos aqueles que os não conheciam de cor e salteado! Mas não só cantou, como contou histórias, partilhou momentos passados, evidenciou caminhos percorridos… mas sempre com uma pitada de humor porque “tristezas não pagam dívidas!”
Outro grande momento da noite: “Papel principal”. O público, em pé, viajou também com a cantora a mais um dos maiores êxitos de sempre da música portuguesa. De uma balada para blues com “Adeus” e para um ritmo mais eletrónico com “Caminho pra casa”, ambos do último álbum. Fernando Girão também mereceu uma palavra especial, autor do tema “Faz-me de novo acreditar”, tema incluído no álbum “Sentidos” lançado em 2000.
Antes do final, não podia faltar “Dava tudo”, mais uma grande balada dos anos 80 mas que, 30 anos depois, continua tão atual. O final foi ao estilo bem roqueiro com “Trânsito”, tema incluído no lote de primeiros grandes sucessos irreverentes da cantora. Adelaide Ferreira não se fez rogada: cantou e dançou pelo meio do público.
O público não a deixou ir embora. Dois encores depois, o público não a queria deixar ir embora, pois nunca se sabe quando será a próxima oportunidade para estar assim tão perto de uma das maiores artistas de sempre.

Tags
Show More

Related Articles

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close