CulturaEntrevistasGaleriaPaísSociedade

“Deixo o Leandro e passo a Lean”

O seu ar jovem esconde já uma longa carreira. Aos 35 anos, o cantor ainda não se apercebeu que são cada vez menos as pessoas que não conhecem de imediato a sua música ou nome, pois destaca-se hoje como um dos mais promissores cantores da sua geração. O lançamento do novo disco está marcado para os próximos dias.

Nasceu para cantar e das canções tem feito uma mensagem permanente na procura da felicidade. A entrevista aconteceu no Hotel The Yeatman – situado na zona das caves do Vinho do Porto, em Gaia. Chegou à hora marcada e apresentou-se com grande simplicidade: “Olá, sou o Lean Cruz”, não disfarçando o olhar atendo da paisagem, que permitia uma vista deslumbrante, sobre toda a zona ribeirinha do Porto que vai das Fontainhas até ao Palácio de Cristal, bem como uma boa vista sobre parte da invicta.

Aos 35 anos, o cantor está a passar por um dos períodos mais felizes da sua vida profissional. Conhecido durante vários anos como Leandro Cruz o cantor assume, no final de 2015, grandes alterações profissionais. “Deixo o Leandro e passo a Lean”, tudo isto porque “ao fim de tantos anos é a primeira vez que vou fazer contrato com uma editora que sugeriu algumas alterações.

A completar 20 anos de carreira «Acordar», tema do novo disco do cantor, já disponível, marca também uma nova etapa da sua vida enquanto músico. Este disco é uma mudança “radical” no estilo, comparativamente aos discos anteriores, e a melhor forma que encontra para o definir é mesmo “acordar”, pois “eu também acordei para um novo estilo e tive dificuldades em escrever, pois vinha de um estilo muito diferente”. Se os trabalhos anteriores eram mais direccionados para se ouvir no “carro ou em casa”. Este é o oposto. “É um disco com ritmo, canções alegres para romarias” e é composto também por baladas”.

“Sou um homem de desafios”

Durante a conversa, rapidamente verificamos que conversávamos com alguém de bem com a vida, que ama verdadeiramente a profissão e faz questão de transportar para as suas músicas o seu optimismo, simplicidade, determinação, acompanhados de uma grande alegria de viver. “Vivo junto ao mar e é a olhar para esse grande horizonte que me inspiro”mas a motivação para escrever surge “das relações de amor que existem na vida”, fundamentou.

Numa conversa sem pressas nem reservas, assume que já pensou várias vezes em desistir da sua carreira. “Grande parte das pessoas não sabe o quanto é difícil esta profissão” e, ao longo dos anos, “tive momentos muito difíceis, pois tive que abdicar de muita coisa para chegar até aqui”.

O cantor reside na Praia de Esmoriz, em Ovar, e assume-se como um homem que gosta de desafios, lamentando, no entanto, que em Portugal ainda existam as “chamadas modas para as coisas”, bastando um dizer que “aquilo é bom todos dizem o mesmo” e, por vezes, o “nosso trabalho não chega até ás pessoas e isso não significa que ele não seja bom e não nos devemos inferiorizar por isso”, enfatiza Lean.

Numa altura em que entra numa nova etapa da sua vida profissional, garante que ainda lhe falta fazer muita coisa. “Já fiz alguma coisa, não sei se até o mais difícil foi feito, mas quero fazer ainda tudo” e “espero que as pessoas gostem deste meu novo disco e que eu o possa apresentar dentro e fora do meu país, concluiu.

Texto: António Gomes Costa
Fotos: Hugo Viegas

[metaslider id=5148]
Tags
Show More

Related Articles

6 Comments

  1. Gosto muito das tuas músicas cantas com alma e paixão e muito raro ver um cantor assim. Que tenhas muito sucesso és um lutador e vais vencer beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close