País

Ilídio Pinho recebe Doutoramento Honoris Causa da Universidade de Aveiro  

Cerimónia de Abertura do Ano, dia 16 de outubro, às 15h00, no Auditório da Reitoria

O empresário Ilídio Pinho vai receber o Doutoramento Honoris Causa da Universidade de Aveiro (UA) a 16 de outubro, dia da Cerimónia de Abertura do Ano da Academia. Membro do Conselho de Curadores da UA, com uma carreira notável no mundo empresarial nacional e internacional, a vida de Ilídio Pinho destaca-se ainda no mundo associativo e autárquico.
Com início marcado para as 15h00, no Auditório Renato Araújo, no Edifício Central e da Reitoria, a Cerimónia de Abertura do Ano conta com as intervenções de Paulo Jorge Ferreira, Reitor da UA, e de António Alves, presidente da Associação Académica. Segue-se a intervenção de Júlio Pedrosa, antigo Reitor da UA e padrinho do Doutor Honoris Causa, a imposição das insígnias e o discurso de Ilídio Pinho.
“O Eng. Ilídio Pinho é um empresário de grande relevo a nível nacional e internacional, com uma forte participação no meio empresarial, como empresário, dirigente associativo e autarca. Os diversos cargos de elevada relevância empresarial que tem vindo a assumir ao longo dos anos, como fundador, acionista ou presidente, e os vários negócios diferenciados e internacionais que tem promovido e impulsionado, atestam as suas multifacetadas qualidades de empreendedor criador e de inovador organizacional e a sua invulgar capacidade de pensar e antecipar o futuro”, aponta a Reitoria da UA.
O seu papel de elevado destaque e projeção na história de Portugal é “visível também na sua ação a favor da causa pública e na atenção especial e continuada que tem oferecido ao valor da ciência na educação e ao bem-estar das pessoas”, acrescenta a Reitoria da Academia de Aveiro. A criação da Fundação Ilídio Pinho, com a missão de colocar a ciência ao serviço da valorização humana, do desenvolvimento económico, da promoção da cultura e da solidariedade entre gerações e povos, “espelha o caráter de benemérito de exceção e de humanista profundo do Eng. Ilídio Pinho”.
A Reitoria lembra que “os altos serviços que [Ilídio Pinho] tem prestado ao país são extensíveis também à UA, com a qual tem mantido uma ligação próxima há uma década, desempenhando nesta instituição um forte papel interventivo e de assertiva análise das grandes opções desta instituição relativamente ao futuro e na sua projeção para o mundo”.

Uma vida dedicada à causa pública

Ilídio da Costa Leite de Pinho nasceu em Vale de Cambra em 19 de dezembro de 1938, tendo concluído o curso de Engenharia Eletrotécnica e Máquinas no Instituto industrial do Porto em 1961. Desde novembro de 2014 que é membro do Conselho de Curadores da Universidade de Aveiro (UA).
É fundador e presidente da Fundação Ilídio Pinho, que criou em memória do filho Ilídio Pedro, com a missão de “contribuir para que o desenvolvimento da ciência seja um fator de valorização humana e um instrumento de desenvolvimento económico, de promoção da cultura e da solidariedade entre gerações e povos”. O trabalho na Fundação contribui em muito para fazer de Ilídio Pinho um dos nomes mais relevantes do país na dedicação à causa pública.
A ligação de Ilídio Pinho à UA iniciou-se no mandato da Reitora Helena Nazaré e como membro do Conselho Consultivo da Academia de Aveiro. Este conselho foi criado com o objetivo de discutir as grandes opções da UA relativamente ao futuro e decisões estratégicas. Mais tarde em 2014, a UA e a Fundação Ilídio Pinho criaram a Cátedra Ilídio Pinho em Neurociências. Esta tem por objetivo principal criar e desenvolver um programa multidisciplinar em neurociências, através da integração das capacidades existentes, da identificação das necessidades específicas e de novas oportunidades.
A UA tem saído enriquecida com os diversos contributos e a larga experiência de vida pessoal e profissional de Ilídio Pinho, nomeadamente como membro do Conselho de Curadores desde 7 de fevereiro de 2014. Nesse Conselho tem desempenhado um papel interventivo e de assertiva análise dos diferentes dossiers e na projeção da UA para o futuro e para o mundo.
Ao longo da vida, Ilídio Pinho, criador do grupo COLEP, ultrapassou a sua dimensão profissional e empresarial e revelou-se como dirigente associativo, autarca, benemérito de exceção e humanista profundo ao serviço da causa pública, com uma atenção especial e continuada ao valor da Ciência na Educação e para o bem-estar das pessoas. A COLEP está hoje presente, de várias formas, na Europa, África, América do Norte, América do Sul, Médio Oriente e Ásia, em países como Alemanha, Austrália, Brasil, China, Emiratos Árabes Unidos, Espanha, Japão, México, Polónia, Reino Unido e Tailândia, com um total de faturação anual superior a 400 milhões de euros.
Entre muitas outras distinções e reconhecimentos, Ilídio Pinho foi distinguido com altas distinções de mérito a nível nacional: Comendador da Ordem do Mérito Industrial e Grã-Cruz da Ordem do Mérito. É também membro do Conselho Geral e de Supervisão da EDP – Energias de Portugal.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close