CulturaVideos

Vídeo: Eduardo Madeira – “Achei muitas vezes que ia ser escritor”

O novo livro de Eduardo Madeira é um “Dicionário Cómico” que todos vão querer ter em casa

O Infame Dicionário Cómico de Língua Portuguesa marca o regresso aos livros de um dos mais reconhecidos humoristas do país, e servirá de base para o seu futuro espetáculo.
«O Infame Dicionário Cómico de Língua Portuguesa» chegou às livrarias no dia 03 de julho, e mostra o outro lado do humorista Eduardo Madeira. ”Achei muitas vezes que ia ser escritor, porque na escola venci vários prémios pelas composições que eu fazia e, na verdade, a minha carreira começa com a escrita para comediantes”
Mais de 10 anos depois de ter lançado o seu último livro, Madeira resolveu colocar no papel o dicionário que estava a faltar à língua portuguesa. “Este é o livro e o dicionário que eu idealizei, e que eu há muito achava que fazia sentido”. Em declarações à Agência de Informação Norte, ontem à noite no Teatro Sá da Bandeira, no Porto, explicou que  se dedicou a este “novo desafio”, durante “largos meses”, sempre com o objetivo de “provocar fortes gargalhadas nos leitores”.
Na opinião do seu autor, trata-se de uma obra “hedonista e sensual e que poderá mesmo ser lido em grupo”. Este livro contém também “definições-lúdicas, imprecisas, pouco rigorosas, mordazes, maldosas, mesquinhas e torpes  – de palavras do nosso léxico”.
«O Infame Dicionário Cómico de Língua Portuguesa» tem como objetivo “divertir quem o está a ler” e, a juntar a tudo isto, “estimular, e até mesmo, provocar o pensamento”. A obra servirá de base para o seu futuro espetáculo, marcado para o dia 26 de junho/julho, em Lisboa.

 

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close