Economia

Pandemia não travou aposta na promoção turística em Braga

Município dá a conhecer atividades desenvolvidas em 2020

Em 2020, o Município de Braga continuou com a aposta na promoção turística da cidade a nível nacional e internacional, um trabalho viria a dar frutos já este ano com eleição da cidade como melhor destino europeu em 2021. Num ano em que os efeitos da pandemia se fizeram sentir de forma transversal em todas as áreas da sociedade e com o sector do turismo a sofrer impactos muitos significativos, a Divisão de Economia e Turismo da Autarquia Bracarense foi um importante aliado no apoio aos profissionais do sector, como demonstra o relatório anual de atividades desenvolvidas ao longo do ano transato.
No documento, é referido que Braga vinha a registar um crescimento turístico acima da média nacional, prevendo-se uma forte afirmação junto dos mercados emissores, como sendo um destino de eleição tanto no panorama nacional como internacional. Os meses de Janeiro e Fevereiro faziam antever o melhor ano de sempre a nível da procura, devido ao planeamento e à previsão da realização de grandes eventos e congressos agendados nos diversos espaços multiculturais de Braga.
Contudo, 2020 foi um ano completamente atípico e, com o primeiro confinamento, o foco do Município centrou-se no apoio aos profissionais do sector, realizando uma constante estratégia de comunicação da informação sobre as linhas de apoio aos empresários, informando e esclarecendo como estes poderiam desenvolver a sua actividade com as restrições impostas.
Posteriormente, foi reformulada toda a estratégia de promoção de Braga como destino turístico sendo que a aposta se centrou num investimento junto do mercado interno e de proximidade como Espanha.

Atendimentos no Posto de Turismo registaram quebra de 77%

Nos últimos dez anos, os dados recolhidos no Posto de Turismo de Braga, tinham vindo a revelar uma assinalável tendência de crescimento, sempre com taxas médias acima dos 10%, contudo, em 2020, a pandemia de covid-19 encerrou praticamente todos os sectores e o turismo foi um dos mais afetados.
O início do ano teve uma afluência superior ao do ano anterior, o que antevia um 2020 extraordinário de afluência turística na cidade de Braga. Comparativamente ao ano de 2019, em 2020 registou-se uma quebra de cerca de 77% no número de turistas que acorreram aos serviços do Posto de Turismo. Esta descida fez-se notar em todo o país, tendo sido atenuada pela afluência do turismo interno nos meses de Verão.
No relatório é referido que nos meses de janeiro e de fevereiro o número de visitantes tinha aumentado 6% e 8%, respetivamente, meses em que a pandemia já estava a alastrar pela Europa. Em Março, declarado o Estado de Emergência, mesmo com os serviços a encerrarem, ainda foram realizados 6.748 atendimentos neste equipamento municipal. Posteriormente, nos primeiros meses de reabertura, o sector não recuperou, uma vez que as fronteiras estavam encerradas e, mesmo com o de confinamento gradual, os níveis de confiança dos consumidores estavam em baixa.
Os meses de Julho e Agosto de 2020 atingiram resultados positivos tendo em conta as previsões mais pessimistas apontadas no início do segundo semestre. Com a reabertura das fronteiras e dos corredores aéreos, coincidindo com a vinda dos emigrantes e de franceses que habitualmente fazem férias em Portugal no mês de Agosto, somados aos habituais visitantes espanhóis, o cenário turístico para Braga parecia querer recuperar de novo durante os meses de Julho e Agosto, notando-se na Cidade uma retoma da procura de grupos organizados, nomeadamente originários de países como a França e a Polónia.
Após o mês de Setembro, o Pais voltou a uma nova fase de contenção e recolhimento e, a 15 de Outubro, em resposta à grave evolução da pandemia em Portugal, foram impostas novas restrições, que foram reforçadas em Novembro, limitando a circulação entre concelhos em determinados períodos, como aos fins-de-semana, período de eleição para deslocações em lazer. Nesse sentido, os últimos meses do ano registaram um acentuado decréscimo na procura dos destinos turísticos.
O mercado português foi o mais representativo no total do número de atendimentos no Posto de Turismo de Braga, com 42%. A seguir a este, verificou-se a mesma tendência de anos anteriores, ou seja, um maior número de atendimentos a visitantes espanhóis e franceses, com 25% e 12% respetivamente.

Município prosseguiu promoção da Cidade mesmo em ano de pandemia

Mesmo num ano marcado pela pandemia, o Posto de Turismo de Braga foi distinguido com o Prémio Travellers’ Choice 2020 pela plataforma Tripadvisor. Em Janeiro de 2020 iniciava- se um ciclo de crescimento preparado e planeado em 2019 no que respeita à preparação e recolha de informação para a fundamentação do interesse do Município se promover como destino turístico, junto de mercados internacionais, tendo em vista a participação em feiras e eventos de âmbito turístico, com a respectiva promoção e divulgação de produtos regionais e dos eventos da Cidade.
Com a presença nestes eventos, o Município potencia a oferta turística de Braga que passa pelo Turismo Gastronómico, Turismo Cultural, Turismo Religioso, Turismo de Natureza e o Turismo de Negócios. A grande importância nesta oferta é o empreendedorismo e inovação com a Universidade do Minho, o INL – Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, o Altice Fórum Braga e a InvestBraga a ganharem especial destaque.
Dadas as limitações impostas pelas contingências da pandemia, o Município esteve presente fisicamente em quatro eventos e na primeira feira de turismo virtual. A Autarquia Bracarense esteve presente na 40ª Fitur – Feira Internacional de Turismo de Madrid, que se realizou de 22 a 26 de Janeiro; na 20ª edição da Xantar – Salão Internacional de Turismo Gastronómico (5 a 9 de Fevereiro), no Salon des Vacances na Brussels Expo em Bruxelas, na Bélgica (6 a 9 de Fevereiro); nos VIII Workshops Internacionais de Turismo Religioso em Fátima (7 a 9 de Março) e na 1ª Edição da Feira Virtual de Turismo “OnViaje.com” (18 a 21 de Junho).
O relatório actividades de 2020 da Divisão de Economia e Turismo do Município de Braga está disponível para consulta aqui.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close