EntrevistasGaleriaNotícias

Milhares de foliões na “noite mágica” do Carnaval de Ovar

A tradição ainda é o que era na véspera do grande corso da terça-feira de Carnaval. Em Ovar, a noite anterior ao grande desfile é mágica. Como quem diz, com milhares de foliões, mascarados, curiosos, que saem às ruas para momentos de verdadeira folia. O Carnaval de Ovar sempre se orgulhou do estatuto de vitamina da alegria. É fácil perceber porquê. Esta segunda-feira, depois de jantar, o centro da cidade concentrou todas as atenções. Por ali dança-se muito, como se não houvesse amanhã. Desfila-se as máscaras propositadamente escolhidas para este Carnaval. Conversa-se, bebe-se e come-se, até de manhã.

Há música para mexer o corpo no Parque Senhora da Graça, na Praça das Galinhas, no parque do Marquês do Pombal. Muito samba no mercado municipal, gente com vestes pouco habituais no jardim do Cáster e na Praça da República. Homens vestidos de mulheres com muita pele à vista e roupa justinha ao corpo. A família Simpson também saiu de casa e vestiu-se a rigor para a festa. Há legos amarelos que bailam, rolos de papel higiénico, índios, polícias, ladrões, médicos, enfermeiras. Há hippies com uma discoteca ambulante. Há uma camioneta de papelão cheia de gente. Monstros e não monstros.

Imaginação não falta para vestir o corpo numa noite mágica. Há sobretudo muita energia e vontade de abanar o corpo e esquecer que o Carnaval são apenas três dias. Em Ovar, são muitos mais. Esta terça-feira, o corso volta a sair na Avenida Sá Carneiro, a partir das 14h30.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close