GaleriaNotícias

«James» no Multiusos de Guimarães

James, uma das bandas de maior sucesso em Portugal, vão actuar ao vivo no nosso país em dois espectáculos inesquecíveis: dia 28 de Novembro no Multiusos de Guimarães, dia 29 de Novembro no Meo Arena em Lisboa.
Depois de um extraordinário concerto no Festival MEO MARÉS VIVAS, James trouxeram “La Petit Mort” na bagagem um disco novo que mostra que 30 anos depois os James ainda fazem boa música.

Segundo a imprensa o concerto foi “brilhante e único” e as 25.000 pessoas que lá estiveram a assistir são testemunhas disso – entre os grandes êxitos e as novas músicas, passando pelo crowdsurfing de Tim Booth e as suas coreografias e a muita interacção com o público fizeram deste concerto um momento mágico.Um mar de aplausos e um incrível reviver de memórias “Getting Away With It”, “Laid”, Say Something” e “Sometimes” foram os pontos altos.Desde a sua composição em Manchester, em 1982, os James foram consolidando o seu legado criativo e musical, tornando-se numa das mais influentes bandas britânicas na área do Indi.Durante a já sua longa carreira musical, agora com mais de 30 anos, os James lançaram 12 álbuns de estúdio e venderam mais de 12 milhões de cópias em todo o mundo.A banda é composta por Tim Booth (vocalista), Jim Glennie (baixo), Larry Gott (guitarra), Saul Davies (guitarra, violino), Mark Hunter (teclas), David Baynton-Power (bateria) e Andy Diagram (trompete).“Sit Down”, “She’s a Star”, “Laid and Getting Away With It (All Messed Up), são alguns dos exitos dos James que conseguiram, entre o impressionante número de 20, figurar no Top 40 dos singles britânicos!O álbum “Laid” de 1993 vendeu, apenas nos Estados Unidos, mais de um milhão de cópias, tendo a música homónima mais tarde sido usada no filme “American Pie” e nas suas sequelas. O single “Sit Down” atingiu o nº 2 no Top de Singles Britânico e tornou-se na música mais vendida do Reino Unido em 1991. Em 1998 lançaram o seu primeiro “Best Of” que chegou a nº 1 no Reino Unido e vendeu 1 milhão de cópias.Em 2007, o regresso da formação original dos tempos de “Laid”, fez com que os James vendessem 35 000 bilhetes para a sua tourné do Reino Unido, em apenas 2 horas.Desde aí os James estiveram também em 3 tournés de sucesso na América do Norte, em 2008, 2010 e 2012, bem como em tournés por países europeus onde têm um grande número de fãs como Portugal e Grécia, e também em novos mercados em desenvolvimento como a América do Sul ou a Letónia.Globalmente conhecidos pelas suas incendiárias performances ao vivo, os James têm sido cabeças de cartaz e actuado nos maiores festivais do mundo durante a já sua larga carreira, incluindo Glastonbury, Lollapolloza, Rock In Rio, Coachella, Hard Rock Calling, Isle Of Wight, Latitude, V Festival e T in The Park, entre muitos outros.
Na celebração do seu 30º aniversário, os James embarcaram numa tourné de retrospectiva em 2011, acompanhados por uma orquestra completa e coros, reinterpretando algum do seu catálogo e actuando em locais icónicos do Reino Unido como o Royal Albert Hall. A tourné esgotou dois dias depois de anunciada. Em 2012 os James ganharam um PRS Heritage Award, prémio anteriormente ganho pelos Pink Floyd ou Elton John, pelo seu contributo para a música britânica.Em 2012 foi lançada a box set “The Gathering Sound” que reuniu o catálogo de 30 anos de carreira e ainda material inédito, vídeos, um DVD ao vivo e um livro. Depois de passarem grande parte de 2013 em estúdio com Max Dingel (Killers, Muse) a banda lançou, já este ano, o seu novo álbum “La Petite Mort” e embarca para mais uma serie de datas ao vivo durante este Verão.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close