Galeria

Ludovico Einaudi esteve em Portugal para dois concertos

Depois das triunfantes apresentações em 2013 que esgotou, com várias semanas de antecedência, a lotação tanto da Casa da Música, no Porto, como do Centro Cultural de Belém, em Lisboa, o reconhecido pianista italiano Ludovico Einaudi voltou esta semana a Portugal para dois concertos.

O primeiro aconteceu na última quarta feira, dia 20, no Coliseu do Porto e um dia depois foi a vez de Lisboa aplaudir o pianista.

Neste seu regresso apresentou o seu mais recente trabalho, «Elements», que tem merecido os mais fortes elogios da imprensa internacional e um ensemble que se junta a ele em palco de forma a dar uma maior dimensão orquestral à sua música.

Elements, de acordo com o próprio Ludovico Einaudi, resulta “de um desejo de recomeço, de seguir um diferente percurso de consciência”. Ou seja, em palco, estará um renovado artista cuja música há muito que conquista um mais do que merecido reconhecimento internacional: Einaudi é o artista do universo da clássica que contabiliza mais streams no Reino Unido, o que diz muito do seu estatuto, e aquele que tem encabeçado as tabelas de vendas de música erudita tanto em Inglaterra como em Itália, com vendas que já se aproximam dos dois milhões de cópias.
Gravado no campo, em Langhe, em Itália, o novo disco de Ludovico Einaudi é, de acordo com o próprio artista, “uma experiência única, acompanhada pelos ritmos pulsantes de uma primavera explosiva”. O espetáculo garante, por isso mesmo, uma experiência singular.

A acumular a este novo contexto, há toda a bagagem proporcionada pela prodigiosa carreira de Ludovico Einaudi que o público português tem tido o privilégio de acompanhar de perto: é verdade que o pianista tem conhecido uma plateia cada vez mais ampla, graças, por exemplo, a triunfais apresentações no Barbican ou no festival iTunes, mas Portugal há muito que lhe reconhece o talento, tendo-lhe aplaudido as prestações a solo ou ao lado de Rodrigo Leão.

Fotos: Hugo Viegas

[metaslider id=5788]
Tags
Show More

Related Articles

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close