MúsicaVideos

Vídeo: Nelo Silva & Cristiana estão de volta aos palcos

Trata-se de um regresso muito aguardado. A dupla Nelo Silva & Cristiana está de volta aos palcos e aos discos. Durante 15 anos, pai e filha dividiram o palco. Somaram êxitos. Correram o mundo. A dada altura, Cristiana decide dedicar-se totalmente à maternidade. Mas, durante essa pausa, ainda gravou um disco e o pai fez o mesmo. Depois de 10 anos, voltam a cantar juntos e vieram para ficar. “Depois deste interregno, o público nunca nos esqueceu, e isso é visível neste nosso regresso”, refere Nelo Silva.
Com uma visão positiva sobre a vida profissional em que vive, Nelo Silva assume à Agência de Informação Norte ser um homem de ideias bem definidas. “A vida de um cantor teve sempre altos e baixos”; por isso, não “sou de me lamentar, e o mais importante é estarmos vivos”. Avô de três netos, filhos da sua única filha Cristiana, assume que é um saudosista nato. “Quando oiço as músicas que gravei há 20 anos agradam-me, ao fim de todos estes anos”, uma vez que sempre primou pela qualidade. “O disco perfeito não existe. Vamos aprendendo com cada um deles”, para não defraudar o público que o acompanha.
A paixão pela música nasceu muito cedo, e os “grupinhos de garagem” foram a sua grande escola musical. “Formei uma banda, onde eu era o vocalista e tocávamos, essencialmente, canções populares que estavam na moda, como os Beatles ou dos Dire Straits”.
Numa altura em que “já era profissional”, ficou conhecido pelo cantor dos casinos. “Foi um dos momentos altos da minha carreira, pois fazia longas temporadas nos casinos do Norte” e isso foi muito importante para “o meu percurso enquanto cantor”.

“O Festival da Canção mudou por completo a minha carreira”

Numa conversa sem pressas nem reservas, revela que existe um Nelo Silva antes e um depois do Duo com a Cristiana. “Num dueto, a voz feminina brilha sempre mais do que a masculina” e, “durante muito tempo, eu ouvi dizer no final dos espectáculos que a minha filha cantava muito melhor do que o pai” (risos). Mas o certo é que, agora, “até os próprios empresários dizem se aperceber do meu potencial vocal, o que até aqui era desconhecido por muitos, assume.
Nelo Silva integra a lista dos nomes que participaram no Festival da Canção. Foi em 1985, precisamente no ano em que se realizou o primeiro Festival da RTP da Canção no Coliseu dos Recreios, em playback musical, ficando de lado a orquestra que sempre acompanhou os artistas. Uma situação polémica que levou à concentração de músicos em protesto, junto à entrada do Coliseu. “Eu, na altura, fiquei triste, pois queria defender a canção que levei com orquestra, «Entre Céu e Mar», da autoria de António José e João Nascimento, com arranjos e produção de Guilherme Inês e Zé da Ponte”, mas o certo é que “o Festival da Canção mudou por completo a minha carreira”, concluiu.

 

Tags
Show More

Related Articles

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close