Breves

Gaia assinala centenário do nascimento de Amália Rodrigues

Primeira iniciativa será no sábado, às 21h30, no Auditório Municipal de Gaia

Se ainda fosse viva, a grande diva do fado, Amália Rodrigues, comemoraria este ano o seu centésimo aniversário. Para não deixar esquecer esta data, a Câmara Municipal de Gaia associa-se às comemorações nacionais com um conjunto de concertos que celebram a «Rainha do Fado» e irão envolver o público numa viagem pelos principais fados que imortalizaram a voz de Amália Rodrigues, uma das mais internacionais e aclamadas artistas portuguesas.
O primeiro espetáculo acontece já este sábado, 15 de fevereiro (21h30), no Auditório Municipal. «Gaia de Fado» contará com os vencedores do concurso «Gaia é Fado», uma iniciativa do jornal regional «O Gaiense», nomeadamente Pedro Ferreira, Joana Lopes, Marcelo Silva, Mia Moura, Raquel Boaventura e Cassandra Oliveira, acompanhados por Lino Lobão à viola de fado e Márcio Silva na guitarra portuguesa.
Os espetáculos continuarão no dia 23 de fevereiro, às 11h, no Auditório Municipal, no âmbito da iniciativa «Concertos em Família». «Isto é fado?» contará com a participação da Orquestra Per Cordare, da Escola de Música de Perosinho, a que se juntará Lino Lobão (viola de fado) para invocar Amália e recriar o fado.
Para celebrar o fado e homenagear um dos seus nomes maiores, António Chainho, fazendo-se acompanhar por Ciro Bertini no baixo e acordeão e Tiago Oliveira na viola, dará um concerto, também no Auditório, a 28 de fevereiro. António Chainho é um dos grandes mestres da guitarra portuguesa. Ao longo da sua carreira, já acompanhou nomes como Carlos do Carmo, Tony de Matos ou Hermínia Silva, entre muitos outros.
Por fim, destaque ainda para o espetáculo que terá o mesmo palco dos anteriores e que se realizará a 29 de fevereiro. «Uma história de vida», pelo Ensemble Vox Angelis, será um concerto de homenagem a Amália Rodrigues a pensar especialmente no centenário. Pedro Miguel Nunes (voz), Artur Caldeira (guitarra portuguesa e clássica) e Daniel Paredes (guitarra clássica e baixo) prometem uma atuação única para encerrar esta viagem pelo mundo artístico do grande ícone de «Uma casa portuguesa».

Foto: DR

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close