Cultura

Santa Maria da Feira: Concerto de Bandas-Sonoras para filmes de TATI

O quinteto de jazz Indigo, descrito pelos fundadores como "o único no mundo" com a sua constituição instrumental específica, apresenta-se no próximo sábado, no auditório do CIRAC, em Santa Maria da Feira, para a estreia em concerto de bandas-sonoras para filmes de Jacques Tati (1907-1982)

Destinadas a duas curtas-metragens do ator e realizador francês, as obras concebidas pelos músicos portugueses resultam de uma encomenda do gnration, em Braga, e serão apresentadas pela primeira vez em palco, ao vivo, na 43.ª edição do FIMUV – Festival Internacional de Música de Paços de Brandão, a decorrer até final de novembro em diversas salas do município de Santa Maria da Feira.
As composições em causa são para o filme “Procura-se Brutamontes” (1934), realizado por Chales Barrois com argumento e interpretação de Jacques Tati, então em início de carreira, e para a curta documental “Força, Bastia” (1978), a última obra de Tati como realizador, só tornada pública em 2002 após edição pela sua filha, Sophie Tatischeff.
As músicas criadas para esses filmes serão executadas com recurso à combinação instrumental que distingue os Indigo – violoncelo por Ricardo Januário, guitarra por Tiago Machado, contrabaixo por Jorge Castro, bateria e percussão por Pedro Oliveira, e oboé, corne inglês e duduk por Pedro Teixeira – e, em palco, as peças anunciam-se com “mais liberdade criativa e interpretativa” do que quando sujeitas aos tempos das imagens gravadas em 1934 e 1978.
Os concertos do Indigo Quintet caracterizam-se por serem sempre diferentes, assentes num registo de improvisação. No sábado, darão asas a esse arrojo, apresentando pela primeira vez aquelas peças com mais liberdade, sem estarem presos às cenas dos filmes.
À ansiedade normal de um espetáculo junta-se agora o entusiasmo do regresso ao palco, em contexto pandémico. Jorge castro considera que os Indigo “perderam imensas oportunidades profissionais desde março” e que a concretização dos convites por parte do gnration e do FIMUV reflete agora “o retomar gradual da atividade do setor”.
O concerto dos Indigo no FIMUV incluirá ainda temas do primeiro álbum do quinteto fundado em 2018.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close