Teatro

TeCA: Circo contemporâneo supera “Vão” entre o real e o imaginário

Apresentado pela companhia Erva Daninha, espetáculo une o malabarista Vasco Gomes e o acrobata Leonardo Ferreira no mesmo palco 

A aproximação do Natal é, para muitos, indissociável do circo. Fazendo jus à quadra e às suas tradições em família, mas com um toque de contemporaneidade, o Teatro Carlos Alberto (TeCA) recebe VÃO, de 20 a 22 de dezembro. Apresentado pela Erva Daninha, este assume-se como um “peculiar espetáculo de circo contemporâneo”, sendo resultado de um trabalho de pesquisa de novas formas de fazer e dar a ver esta arte por parte da companhia. VÃO é uma coprodução da Erva Daninha com a rede 5 Sentidos, que inclui dez instituições de todo o país, incluindo o Teatro Nacional São João.
Juntando dois criadores de gerações, técnicas e experiências distintas – Vasco Gomes, malabarista e diretor artístico da Erva Daninha, e Leonardo Ferreira, acrobata recém-formado pelo Centre National des Arts du Cirque –, VÃO é mais do que a roupagem moderna do novo circo. O espetáculo constrói-se a partir de uma dramaturgia não narrativa, integrando as técnicas de circo na abordagem ao seu tema e subcapítulos. Não existindo um texto ou um alinhamento pré-estabelecido que sirva de fio condutor para a criação, característica vincada em outros espetáculos da Erva Daninha, VÃO parte do real para o imaginário, abordando o simbólico através dos objetos e das situações.
Partilhando um palco como se este fosse uma estrada de sentido único, congestionada de informação, ilusão e influências, as duas personagens do espetáculo vão tentar superar esse vão existente entre o real e o imaginário, oscilando entre situações de cooperação e de conflito. Esse espaço unívoco vai-se transformando num espaço-laboratório, com um ambiente tenso e inesperado, no qual o espectador vai ser conduzido pelo virtuosismo da acrobacia e da manipulação de objetos, elevando-os a um meio de comunicação de emoções e deias. Para maiores de 12 anos, VÃO pode ser visto na sexta-feira, às 21h00; sábado, às 19h00; e no domingo, às 16h00. O valor dos bilhetes é de 10 euros.

Foto: Susana Chico

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close