Cultura

A Essência de Pedro Moreira no Ateneu Comercial do Porto

A exposição de pintura “Ser” do Artista Plástico, Pedro Moreira está patente até dia 5 de janeiro, no Ateneu Comercial do Porto. São 14 trabalhos expostos e alguns, novos, figurativos que mostram a visão geral do artista sobre o Porto e, em particular, sobre os Clérigos. Onde aparecem as tonalidades de azuis, meio sombrio, meio cinzento, que atrai os olhares dos visitantes.
José Mohedano, critico de Arte espanhol, escreveu uma vez, aquando de uma exposição coletiva, em que o artista plástico Português participou, em Barcelona, “que a abstração do Pedro Moreira se encontra num conjunto de elementos fortes, sólidos que superam o expressionismo dos manuais (ou das próprias mãos) para desenhar formas de uma paisagem interior plena de ideias e de sensações”.
Viajar com Pedro Moreira através dos sentimentos e emoções colocados a cada pincelada nos seus quadros, ou nos traços dos seus desenhos, é como ser levado na corrente das palavras do rio que José Mohedano escreveu, sobre ele. É ir ao encontro do Ser que o espelho transparece, e nunca nos limitar ao “parecer” em que o Mundo se enfeita.
O Mundo que a pintura, assinada por Pedro, detém na magia dos azuis plenos ou quebrados, mas sempre luminosos.
Com 42 anos de idade, e 30 de carreira está na hora de fazer-se um convite a si mesmo, e em segurança, conhecer ou rever a obra de um homem que não tem medo das opiniões alheias, respeitando-as.
Depois da magia da exposição no Castelo da Feira – o Ateneu Comercial do Porto abre as portas à arte de Pedro Moreira, nesta época inspiradora, tal como a obra do artista.

Tags
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close